O vínculo estabelecido na gestação é fortalecido após o parto.

Quando você é criança, é no colo da mãe que está todo o conforto, afago e segurança que você precisa. Mas, segundo a ciência, o sentimento persiste em qualquer idade. “Na vida de qualquer pessoa, independentemente da idade em que ela esteja, nada será tão alentador quanto a voz e o amparo da sua mãe”, segundo o psiquiatra e psicoterapeuta Amaury Cantilino, em entrevista ao UOL. “A mãe suaviza angústias e, muitas vezes, alivia fisicamente o que a criança ou o adulto sentem”, continua.

O vínculo estabelecido na gestação é fortalecido após o parto, graças ao neurohormônio ocitocina, que estimula a saída do leite materno e age no cérebro aumentando a sensação de apego. “Esse vínculo vai persistindo, deixa marcas e perdura ao longo da vida. Essa é a vantagem da mãe em relação a qualquer outra pessoa”, explica Amaury. Segundo ele, o amparo materno influencia todo o organismo e diminui a incidência de cortisol no organismo, conhecido como hormônio do estresse, o que nos faz lidar melhor, inclusive, com as doenças.