Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 25 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Belém tem quase 200 pacientes com sara

Por Dol
Publicado em 07 de março de 2020 às 12:27H

Compartilhe:

Belém vive um surto de sarampo, com 188 casos registrados de janeiro até ontem. A maior taxa de incidência ocorreu em crianças menores de cinco anos de idade. O número já supera o total de registros de 2019, quando foram confirmados 147 casos da doença. As informações foram repassadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma). Os bairros com maior número de casos são: Guamá (30), Jurunas (27), Tapanã (17), Terra-Firme (16), Marco (11) e Pratinha (9).

A baixa cobertura vacinal é apontada como a principal causa da proliferação da doença, que é transmissível. A fim de aumentar essa cobertura, o Ministério da Saúde realiza desde o dia 10 de fevereiro deste ano a Campanha Nacional de Vacinação de Tríplice Viral, que previne contra sarampo, rubéola e caxumba. O público-alvo é a população entre cinco e 19 anos.

A campanha encerra no próximo dia 13, porém, a vacinação seguirá disponível nas unidades de saúde de Belém, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Imunizações da Sesma, Nazaré Athayde, a meta de vacinação na capital é atingir 17 mil pessoas, dentro do público-alvo. Até agora, somente 40% deste quantitativo recebeu a imunização. “A única forma de prevenir é a vacinação. Quem se vacina tem 100% de segurança de não contrair a doença. O sarampo é tão grave que pode levar à pneumonia e a doenças neurológicas, pelas complicações da doença”, alertou a coordenadora.

PARÁ

Segundo o Departamento de Epidemiologia da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), de 11 de agosto de 2019 a 22 de fevereiro de 2020, foram notificados 1.266 casos suspeitos de sarampo, dos quais 478 (37,8%) foram confirmados, 269 (21,2%) descartados e 519 (40%) permanecem em investigação.

Dos 478 confirmados, 105 foram em pessoas de 20 a 29 anos; 94 em jovens de 15 a 19 anos; 91 em menores de um ano e 61 em crianças de um a quatro anos de idade.

Os municípios paraenses com maior número de casos são Belém com 212, Ananindeua (76) e Marabá (68).

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend