Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 16 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Metade da população ignora ‘lockdown’ e não obedece isolamento social no Pará

Por G1
Publicado em 14 de maio de 2020 às 04:30H

Compartilhe:

Apesar do ‘lockdown’, o índice de isolamento social no Pará reduziu, e apenas metade da população ficou em casa. Na terça-feira (12), a taxa de isolamento foi de 50,11%. O Pará atingiu o terceiro lugar no ranking brasileiro, atrás do Ceará e do Amapá. A taxa foi abaixo do registrado na segunda (11) e no domingo (10) quando o Pará obteve a primeira colocação. Já a capital paraense, atingiu taxa de 54,7% de isolamento na terça-feira (12). Os dados foram divulgados nesta quarta (13) pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

O Secretário de Segurança, Ualame Machado, destaca que o índice foi praticamente o mesmo que do Amapá e Ceará, estados que também adotaram medidas restritivas de lockdown. “O Pará vem figurando nos últimos três dias, domingo, segunda e terça, com os melhores índices do Brasil, esses dias coincidem com os primeiros três dias de aplicação de penalidade do decreto de lockdown, porém esse percentual ainda não é o recomendado, nossa meta é atingir os 70% de isolamento. Então nós vamos persistir na necessidade das pessoas ficarem em casa”, reforça.

Municípios

De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento, na terça-feira (12), foram nos municípios de Tracuateua (67%), Portel (60,7%) e Bagre (59%). Já os piores índices foram registrados em Abel Figueiredo (32,3%), Jacundá (32,7%) e Conceição do Araguaia (33,5%).

Belém e Ananindeua – Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Souza (68,2%), Natal do Murubira (66,7%) e Campina De Icoaraci (66,7%). Já onde as pessoas desobedeceram a recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram: Curió-Utinga (15%), Murubira (35%) e Carananduba (33,3%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Águas Brancas (65%), Júlia Seffer (61,6%) e Cidade Nova VI (61,6%). Já os piores índices foram observados nos bairros Águas Lindas (34,2%), Maguari (41,9%) e Icui-Laranjeira (43,8%).

Índices de isolamento por bairro em Belém no terça-feira (12):
Melhores: Souza (68,2%), Natal do Murubira (66,7%) e Campina De Icoaraci (66,7%).
Piores: Curió-Utinga (15%), Murubira (35%) e Carananduba (33,3%).

Índices de isolamento por bairro em Ananindeua no terça-feira (12):
Melhores: Águas Brancas (65%), Júlia Seffer (61,6%) e Cidade Nova VI (61,6%).
Piores: Águas Lindas (34,2%), Maguarí (41,9%) e Icuí-Laranjeira (43,8%).

Índice de isolamento social nos 10 municípios onde está ocorrendo o ‘lockdown’:

Belém (54,7%)
Ananindeua (53%)
Marituba (51%)
Benevides (49,8%)
Santa Bárbara (47,4%)
Santa Izabel (49,9%)
Castanhal (51,3%)
Santo Antônio do Tauá (51%)
Breves (55,5%)
Vigia (47,8%).

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend