Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 25 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

‘Pará vai ser o epicentro’, diz ex-ministro Mandetta sobre avanço da pandemia

Por G1
Publicado em 18 de maio de 2020 às 05:26H

Compartilhe:
Luiz Henrique Mandetta falou sobre o Pará em entrevista. — Foto: Adriano Machado / Reuters

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que o Pará poderá ser o epicentro da pandemia no Brasil nas próximas semanas. A declaração foi feita durante entrevista à jornalista Leda Nagle na última sexta-feira (15).

“Se você me perguntar hoje quem é que tá com o maior problema, é o Pará. O Pará vai ser o epicentro, vai deslocar de Manaus e vai cair no Pará, em Belém. Ela tá com a curva dela só que sobe. Nas próximas duas, três semanas, ela vai sofrer muito. O sistema já tá começando a fase de colapso, ela vai atravessar o mês de junho colapsada. Então falar em atividade econômica em Belém é, assim uma, ninguém vai, as pessoas vão conhecer pessoas, vizinhos, que morreram. Não vai rolar”, afirmou Mandetta no canal da jornalista na internet.

Há um mês a Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) previram a situação que o Pará estaria em meados de maio em relação ao avanço da Covid-19. Pesquisadores estimaram que o pico da Covid-19 no Pará poderia ocorrer no dia 14 de maio, quando o Pará estaria com 12 mil novos infectados em 24 horas neste dia. A projeção estatística indicava que o número total de infectados pode chegar a 200 mil pessoas, caso não sejam atendidas as medidas de distanciamento social.

No último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) no sábado (16), foram confirmados 838 casos e 48 óbitos da Covid-19. Entre as mortes, 29 são de Belém e a maioria dos casos está na região metropolitana. Agora, o Pará tem 13.464 casos confirmados, sendo 8.213 pacientes recuperados. O número de óbitos chegou a 1.223 óbitos.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend