Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 24 de February de 2020
Sistema Floresta

Pedidos de seguro-desemprego atrasados serão liberados este mês

Por Dol
Publicado em 23 de janeiro de 2020 às 11:36H

Compartilhe:

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, divulgou ontem que reprocessou os 67.523 pedidos de seguro-desemprego que estavam atrasados por causa da modalidade do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Trabalhadores que haviam aderido ao resgate de até R$ 500 por conta do Fundo -valor que, em alguns casos, pode chegar a R$ 998- relataram que estavam com o benefício bloqueado.

“Foram reprocessados os pedidos dos trabalhadores que não estavam conseguindo acessar o seguro-desemprego por conta da nova modalidade de saque do FGTS. O pagamento das parcelas já está agendado para começar em 28 de janeiro”, diz a pasta.

REGRAS

As regras para o seguro-desemprego estabelecem que a liberação da primeira parcela ocorra 30 dias após a data do requerimento. As demais são pagas com intervalo de um mês contado a partir da primeira parcela.

A Secretaria diz ainda que pedidos que não tinham outros impedimentos já foram liberados e que novas solicitações não devem ser bloqueadas. Caso isso ocorra, afirma, haverá um novo reprocessamento.

É possível consultar o andamento da solicitação do seguro-desemprego em www.gov.br ou no App Carteira de Trabalho Digital.

PREJUÍZOS

A controladora de acesso Erica Ferreira dos Santos, 33, diz que teve o seguro-desemprego bloqueado e reclama da demora na liberação. “Dei entrada no seguro-desemprego em dezembro e me informaram que não poderia receber por ter feito o saque imediato, dois meses antes. Hoje, consultei pela internet e vou receber minha parcela no dia 28, na próxima terça-feira, sendo que deveria ter recebido mês passado”, afirmou.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend