Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Mais 23 famílias vão precisar sair de casa por causa de barragem em MG

Por R7
Publicado em 04 de julho de 2019 às 11:31H

Compartilhe:
Barragem pertence à empresa Arcelormittal Google Street View / Reprodução

A Defesa Civil de Minas Gerais informou, nesta quinta-feira (4), que 23 famílias que moram em Itatiaiuçu, a 79 km de Belo Horizonte, vão precisar deixar suas casas devido ao risco de rompimento de uma barragem da mina Serra Azul, da mineradora Arcelormittal.

Segundo o órgão, a constatação foi feita após a empresa revisar o mapa das áreas que podem ser atingidas em caso de estouro do muro de contenção de rejeitos.

Em fevereiro deste ano, a mineradora elevou o nível de alerta da estrutura e precisou acionar o plano de emergência. Por causa disso, 40 famílias, com 119 pessoas, foram realocadas para imóveis alugados pela empresa.

A mina Serra Azul produz 1,2 milhões de toneladas de concentrado e minério granulado. A barragem em alerta é construída pelo método à montante (o mesmo de Brumadinho e Mariana), está desativada desde outubro de 2012. Desde então, a estrutura opera sem rejeitos úmido. O método foi substituído pelo empilhamento a seco.

Durante o fim desta manhã, o tenente-coronel Flávio Godinho, subcoordenador da Defesa Civil de Minas Gerais, se reúne com representantes da mineradora e autoridades locais para analisarem a evacuação. Mais informações sobre a operação serão divulgadas durante a tarde.

O outro lado

Procurada, Arcelormittal informou que a área potencialmente atingida foi ampliada “após a atualização da análise teórica de rompimento de barragem (dam break) e adotando premissas mais conservadoras”.

A mineradora relatou que não houve alteração no nível de alerta, que se mantêm 2, na escala que vai até 3. “A empresa está em contato constante com as autoridades locais. A prioridade é garantir que os moradores estejam em segurança. Eles serão transferidos para acomodações temporárias”, afirmou a nota.

A empresa destacou ainda que a área é monitorada 24 horas e que estão sendo estudadas ações para aumentar o nível de segurança da barragem e, assim, retomar o processo de descomissionamento, ou seja, de desmonte da estrutura.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend