Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de June de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Prefeitura põe pedras em viadutos para evitar moradores de rua em SP

Por R7
Publicado em 02 de fevereiro de 2021 às 23:27H

Compartilhe:

Pedras foram colocadas embaixo de viadutos da zona leste de São Paulo para impedir que pessoas em situação de rua se abriguem nesses locais. A ação foi criticada por especialistas, que dizem que a medida não é a maneira ideal para conter o crescimento da população de rua e que faltam políticas públicas eficientes. 

As pedras são presas ao solo om cimento e fazem com que as pessoas em situação de rua não tenham espaço e condições para se abrigar. A capital paulista tem, atualmente, cerca de 24 mil moradores em situação de rua. Segundo a prefeitura, há a mesma quantidade de vagas disponíveis nos centros de acolhimento. 

No entanto, segundo estimativa da Rede Nossa São Paulo, existem entre 30 mil e 35 mil pessoas em situação de rua na capital paulista. Segundo Igor Pantoja, a crise provocada pelo coronavírus fez com que muitas pessoas em situação de vulnerabilidade passassem a viver nas ruas. “Houve uma crise muito forte, muitas pessoas que ficaram sem renda, agora com o fim do auxílio emergencial há um risco muito maior”, disse. 

Segundo ele, as vagas de pernoite são ainda mais restritas e oferencem abrigo para 13 mil pessoas. O representante do Fórum Permanente de São Paulo, Alderon Costa afirma que, além de pouco espaço nos albergues, muitos estão equipamentos estão em situação precária. “Novas políticas públicas devem ser adotadas, o problema não pode ser resolvido colocando pedras.”

A prefeitura esclareceu que não tinha conhecimento sobre as pedras e que a ação foi feita por um funcionário que foi identificado e exonerado do cargo. A administração municipal afirmou ainda que as pedras estão sendo retirada do local. 

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend