Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 18 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Vendas no varejo têm queda recorde em 2016, diz IBGE

Por MSN
Publicado em 14 de fevereiro de 2017 às 09:51H

Compartilhe:

As vendas no varejo recuaram 6,2% em 2016 na comparação, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na manhã desta terça-feira. Esta foi a maior queda anual do indicador desde o início da série histórica, iniciada em 2001. Em dezembro, houve recuo de 2% em relação ao mês anterior, após uma alta de 1% em novembro, na mesma comparação. No varejo ampliado, categoria que inclui veículos e material de construção, a queda foi de 8,7% em 2016 – também um recorde -, e de 0,1% em dezembro ante novembro.

aamuijh

Todos os oito grupos de atividades monitorados pelo IBGE registraram queda na comparação anual. A maior influência foi do segmento de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-3,1%). O tombo nesse setor foi o mais forte desde 2003 (quando caiu 4,8%).  “A perda da renda real e o aumento de preços dos alimentos em domicílio, no mesmo período, foram os principais responsáveis pelo desempenho negativo do setor”, disse o comunicado do IBGE.

Dois setores registraram queda pela primeira vez dentre os registros do IBGE: artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-2,1%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (-9,5%) – categoria que engloba lojas de departamentos, ótica, joalheria, artigos esportivos, brinquedos, entre outros.

Outros três segmentos tiveram queda recorde no ano: tecidos, vestuário e calçados (-10,9%), equipamentos e material de escritório, informática e comunicação (-12,3%) e Livros, jornais, revistas e papelaria (-16,1%).

Varejo ampliado

O recuo registrado no varejo ampliado foi resultado do desempenho negativo nas vendas de veículos, motos, partes e peças (-14,0%) e de material de construção (-10,7%). “Os fatores que justificam este desempenho são a diminuição do ritmo de financiamentos, a elevação da taxa de juros e a restrição orçamentária das famílias”, segundo o IBGE.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend