Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 21 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Teste de coronavírus chega na farmácia com preço assustador

Por Dol
Publicado em 04 de maio de 2020 às 16:48H

Compartilhe:

Nesta semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que fosse liberada a comercialização de testes rápidos para detecção de COVID-19 em farmácias de todo o Brasil, desde que executados por profissionais treinados e dedicados a colher as amostras dos pacientes com sintomatologia da doença. A ideia é que, com a aprovação, as pessoas procurem as farmácias e não os hospitais e laboratórios para realizar a testagem. Consequentemente, isso pode ajudar a reduzir a superlotação do sistema de saúde em todo o país, bem como a propagação do novo coronavírus.

Dentre as empresas que estão produzindo os testes, a brasileira Hi Technologies, sediada em Curitiba (PR), lançou no início no mês seu teste rápido para diagnosticar a doença. Trata-se de um exame simples, baseado em reagentes e que lembra um teste de diabetes, embora seja mais “tecnológico”. A empresa, aliás, tem parceria com a Positivo.

O Canaltech entrou em contato com a Hi Technologies para entender o funcionamento dos exames. A assessoria de imprensa da companhia informou que o teste será realizado por meio de um “laboratório portátil” conectado à internet: o Hilab, o menor laboratório do mundo.

A inovação permite realizar exames a qualquer hora e em qualquer lugar, utilizando tecnologias como a Inteligência Artificial e Internet das Coisas para entregar os resultados. Segundo a empresa, esses resultados são rápidos e confiáveis, além de serem reportados para as secretarias estaduais de epidemiologia, assim como os casos dos testes tradicionais para COVID-19, realizados em laboratório.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend