O que é o Coronavírus? (COVID-19)

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Quais são os sintomas?

O coronavírus (COVID-19) se caracteriza por sintomas leves, como nariz escorrendo, dor de garganta, tosse e febre. A doença pode ser mais grave para algumas pessoas, causando pneumonia ou dificuldade para respirar.

Em casos mais raros, ela pode ser fatal. Idosos e pessoas com outras condições médicas (como asma, diabetes e doença cardíaca) são mais vulneráveis a quadros graves.

Possíveis sintomas:

  • Nariz escorrendo
  • Dor de garganta
  • Tosse seca
  • Febre alta
  • Dificuldade para respirar (em casos graves)

Como previnir?

Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.

Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.

Evite aglomerações se estiver doente.


Mantenha os ambientes bem ventilados.

Não compartilhe objetos pessoais.

Medidas Restritivas

Governo Estadual

Reforçando os cuidados para reduzir a circulação do novo coronavírus no Pará, o governador Helder Barbalho determinou 14 novas medidas a serem seguidas no Estado. As novas medidas foram apresentadas durante coletiva de imprensa realizada, nesta sexta-feira (20), no Palácio do Governo, em Belém. Uma das medidas é o fechamento por via marítima e terrestre das divisas do Estado. Ou seja, a partir deste domingo (20), não será permitido o transporte interestadual de passageiros em coletivos ou embarcações. Assista a coletiva na íntegra.

Em relação aos aeroportos, o governador aproveitou para explicar que não tem jurisdição para fechá-los, portanto, as ações estaduais, nestes locais, serão educativas, da mesma forma como está sendo feito em terminais rodoviários e hidroviários. “O ambiente aeroviário é de responsabilidade federal. Não podemos autorizar fechamento. Mas haverá, nestes locais, os colaboradores da Anvisa e Sespa que estarão realizando inspeções para orientar passageiros, sobretudo alguém que estiver apresentando sintomas”, explicou o governador.

Também serão fechados, a partir da 0h, os bares, restaurantes e casas noturnas. A medida passa a valer por 15 dias (podendo ser prorrogado por mais 15). A decisão proíbe que funcionem os modelos de self service, evitando que os clientes permaneçam nos estabelecimentos. A sugestão é que passem a atuar por “delivery”, com serviços de entrega. Também é exigido mais rigor nas regras sanitárias para funcionamento desse tipo de serviço que envolve entrega e recebimento de alimentos. Os shoppings deverão fechar a partir das 20 horas desta sexta-feira (20), incluindo cinemas, com exceções para supermercados farmácias e laboratórios que existem nestes locais.

O Governo do Estado também decidiu suspender o atendimento à população nas unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Ciretrans e postos avançados. A suspensão dos serviços passa a valer a partir do dia 23 de março e se estenderá até o dia 06 de abril. Isso inclui os atendimentos em clínicas credenciadas, escolas de formação e espaços onde são realizados exames teóricos e práticos, assim como leilões presenciais.

Em reunião com o sistema de segurança pública, o governo decidiu intensificar as operações de fiscalização do comércio de produtos de higiene pessoal (álcool em gel (70%), máscaras de proteção e luvas) para evitar reincidência de abusividade nos preços.

Também será reforçada a fiscalização de higienização no transporte coletivo. O governador disse que “ainda há dificuldade por parte das empresas responsáveis pelo transporte público em conseguir material de higiene pessoal. E aos poucos, as empresas estão ajustando essa logística para o acesso de álcool em gel dentro dos coletivos”.

Também foi confirmada na ocasião, a aprovação por parte do legislativo, do Decreto de Calamidade Pública no Estado. A partir de agora, o governo tem a autorização de aumentar gastos com ações preventivas e de mitigação dos impactos causados pelo Coronavírus.

Por Agência Pará

Governo Municipal

Na noite deste domingo, 29, o Prefeito de Artur Brito assinou o Decreto de N° 016/2020, que dispõe sobre a expansão das medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19), que o município vem adotando nas últimas semanas. O isolamento social e domiciliar devem ser obedecidos, como orienta a Organização Mundial da Saúde, bem como as aglomerações nos espaços públicos e privados da cidade.

No entanto, segundo o Decreto, flexibiliza a abertura de lojas do comércio. Os estabelecimentos deverão funcionar de 9 horas da manhã até as 15 horas, com o número de funcionários reduzidos e deverão disponibilizar de produtos, como álcool e gel para clientes, bem como a higienização dos espaços antes do horário de funcionamento.

Ficará suspenso o funcionamento de Bares, Cinemas, Casas Noturnas, Lanchonetes, exceto através de entrega domiciliar-delivery.

Últimas notícias


Sistema Floresta de Comunicação
Copyright © 2020 · Todos os direitos reservados · Informações oficiais do Ministério da Saúde