Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 25 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Coronavírus veio de laboratório, diz relatório de Republicanos

Por Pleno News
Publicado em 03 de agosto de 2021 às 23:33H

Compartilhe:

O Partido Republicano dos Estados Unidos divulgou na segunda-feira (2) um relatório com “preponderância de evidências” que apontam para um vazamento de laboratório como a fonte do surto de coronavírus, no final de 2019. A China nega que um vírus geneticamente modificado vazou da instalação de Wuhan, cidade onde teve início a Covid-19.

Jamie Metzl, membro do Conselho Consultivo da OMS, disse à Fox News que o “encobrimento sistemático” da origem do coronavírus na China deve ser investigado. Ele também defendeu a união dos partidos dos EUA para encontrar mais respostas.

– E a China se envolveu em um encobrimento sistemático envolvendo destruição de amostras, ocultação de registros e silenciamento de cientistas chineses. E é simplesmente inaceitável. Portanto, os líderes do Partido Democrata, do Partido Republicano, devem se unir para encontrar um terreno comum para cavar, porque há muitas respostas por aí – disse.

O deputado republicano Mike McCaul divulgou o relatório da equipe republicana e pediu uma investigação bipartidária sobre as origens da pandemia que matou 4,4 milhões de pessoas em todo o mundo.

De acordo com o relatório, há muitas evidências de que os cientistas do Instituto de Virologia de Wuhan trabalhavam na modificação do coronavírus para infectar humanos, refutando a teoria de carne animal contaminada. Pequim, por sua vez, nega veementemente isso.

– Agora acreditamos que é hora de descartar completamente o mercado úmido como a fonte. Também acreditamos que a preponderância das evidências prova que o vírus vazou da IVW [Instituto de Virologia de Wuhan] e que o fez em algum momento antes de 12 de setembro de 2019 – disse o relatório.

O deputado Mike McCaul afirma que, quando autoridades do Partido Comunista da China (PCC) perceberam o vazamento, começaram “desesperadamente a encobrir” o acidente.

– Mas o acobertamento deles veio tarde demais . O vírus já estava se espalhando pela megacidade de Wuhan – afirmou o republicano.

Tanto o governo americano quanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) têm pressionando Pequim por maior transparência sobre as origens da pandemia, para que se possa evitar uma próxima pandemia. A China, por sua vez, continua a colocar empecilhos nessa busca por respostas.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend