Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 22 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Mortes de brasileiros em casa crescem 11%

Por G1
Publicado em 07 de maio de 2020 às 12:07H

Compartilhe:

Aconteceu em países fortemente atacados pela Covid-19, como a Itália e os Estados Unidos, e agora, novos dados nacionais apontam que o mesmo está acontecendo no Brasil. Nos meses de março e abril, cresceu em pelo menos 10,8% o número de brasileiros mortos em suas casas, na comparação com o mesmo período do ano passado. O crescimento ocorre durante a escalada de casos de Covid-19 no país, muitos deles não diagnosticados.

Nos dois meses de 2020, foram 35.081 mortes naturais ocorridas dentro de casa, contra 31.653 no mesmo período de 2019.

Imagem aérea feita nesta quinta-feira (30) mostra covas abertas no cemitério de Vila Formosa, na Zona Leste de SP — Foto: Andre Penner/AP

Imagem aérea feita nesta quinta-feira (30) mostra covas abertas no cemitério de Vila Formosa, na Zona Leste de SP — Foto: Andre Penner/AP

Entre as vítimas está Maria Portelo, de 60 anos, que morreu em sua casa em Manaus, no Amazonas. Seu corpo foi colocado em uma cama e coberto com um lençol. A família aguardou 30 horas até a remoção.

No Rio, o chef de cozinha José do Nascimento Félix morreu em casa, no morro da Providência. Ele chegou a ser internado com suspeita de Covid-19, mas piorou depois de receber alta.

Em março e abril deste ano, as mortes em casa representaram 19,8% de todos os óbitos no país (dois pontos percentuais a mais do que no ano anterior). Os dados são do Portal da Transparência dos Cartórios de Registro Civil, que reúne informações de cartórios de todo o país. O aumento pode ainda estar subdimensionado, já que mortes ocorridas em abril de 2020 ainda estão sendo computadas pelo sistema.

Na falta de diagnósticos para Covid-19, as mortes ocorridas em casa tiveram grande aumento de classificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (613%), causas indeterminadas (46%) e Septicemia (30%). Outras causas de morte, não correlacionadas à Covid-19, também cresceram 10,8%. Mas segundo especialistas, elas podem estar associadas ao alto stress do sistema de saúde no país.

Segundo a plataforma, as mortes em casa aumentaram em quatro dos cinco estados que mais concentram óbitos por Covid-19: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Amazonas.

Em Manaus, cidade onde o sistema de saúde entrou em colapso, devido a pandemia de Covid-19, as mortes em casa mais do que dobraram.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend