Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 15 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Maior livraria flutuante do mundo está no Rio de Janeiro e chega a Belém em novembro

Por O Liberal
Publicado em 02 de outubro de 2019 às 14:34H

Compartilhe:
O navio reúne várias atividades e a livraria funciona no quarto andar (Beth Hutchison/ Divulgação)

O navio Logos Hope, considerado a maior livraria flutuante do mundo, com seus 132,5 metros de comprimento e nove andares, vai permanecer ancorado no Píer da Praça Mauá, zona portuária da capital fluminense, até o domingo, 6. A embarcação chegou ao Rio de Janeiro no dia 18 de setembro, vinda de Santos (SP), onde ficou ancorada no mês de agosto, depois de visitar a Argentina.

Esta é a primeira visita do Logos Hope ao Brasil. A última vez que um dos navios livrarias esteve no país foi há 28 anos. Depois do Rio de Janeiro, o Logos Hope visitará Vitória (ES), Salvador (BA) e Belém (PA), retornando a seguir para o Caribe, onde ficou durante 12 meses, em 2017. De lá, rumará para a Europa.

O navio pertence à organização internacional cristã Good Books for All Ships (GBA Ships), sediada na Alemanha, que já teve outros três navios livrarias com os quais começou a navegar na década de 1970.

Atualmente, apenas o Logos Hope percorre o mundo oferecendo aos visitantes cinco mil títulos em inglês e português, no total de 800 mil livros, divididos entre literatura infantil, culinária, ciência, hobbies, autoajuda, liderança, dicionários, literatura cristã, entre outros segmentos literários. Há alguns títulos também em espanhol.

Para adquirir um livro, a pessoa pode pagar em dinheiro, no caso do Brasil em reais, ou em cartão de crédito com bandeira internacional Visa ou Mastercard.

A livraria funciona no quarto piso da embarcação, onde há também uma cafeteria. A tripulação é formada por 400 pessoas de 60 países, que ficam embarcadas por cerca de dois anos.

A coordenadora de Projetos do Logos Hope, Raquel Menezes, disse que nos demais andares há uma escola para filhos dos tripulantes voluntários, além de escritórios, cabines, cozinha e uma clínica médica. “É uma verdadeira cidade aqui dentro”, disse Raquel Menezes. “É realmente uma casa. As pessoas moram aqui”, acrescentou.

Não é preciso agendamento prévio para visitar o navio livraria. O horário de funcionamento é de terça-feira a quinta-feira, das 10h às 20h; sexta e sábado, das 10h às 21h; e, no domingo, das 14h às 21h. A entrada custa R$ 5, mas adultos com mais de 60 anos e crianças menores de 12 anos acompanhadas por um adulto não pagam.

Além de trabalharem na embarcação, os tripulantes saem do navio para oferecer ajuda a organizações locais que desenvolvem projetos em comunidades carentes.

Durante os últimos 47 anos, os navios da GBA receberam mais de 47 milhões de visitantes em mais de 160 países e territórios em todo o mundo. Seu compromisso é fornecer conhecimento, ajuda e esperança às nações que visitam, além de promover a boa vontade e compreensão entre os países. Maior navio livraria da GBA Ships, o Logos Hope iniciou seu serviço em 2009.

De acordo com informação da GBA Ships, ninguém no Logos Hope recebe salário, independentemente da posição que ocupar a bordo. Cada membro da tripulação levantou patrocínio para cobrir os custos de seu período de dois anos de serviço.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend