Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Rádio: saiba porque o meio de comunicação foi revolucionário

Por Noticias ao minuto
Publicado em 13 de fevereiro de 2019 às 13:09H

Compartilhe:

Veja fatos surpreendentes sobre a plataforma, que se reinventou com os anos.


V
ocê sabia que nos primórdios da invenção do rádio esse meio de comunicação chegou a ser chamado de ‘wireless’? Esse termo em inglês hoje é muito familiar para gente com a popularização da internet, mas o seu significado já naquela época nada mais era que a possibilidade de transmissão de dados sem o uso de fios ou cabos.

Uma outra curiosidade interessante sobre o rádio? Já ouviu falar que um programa fictício sobre uma suposta invasão alienígena chegou a gerar pânico em massa e foi até manchete dos jornais?

Sim, essa plataforma foi e continua sendo bastante influente para a sociedade, tendo se reinventado e se adaptado às mudanças do mundo moderno. Por isso, na galeria listamos fatos impressionantes sobre o rádio!

Rádio: saiba porque o meio de comunicação foi revolucionário – Você sabia que nos primórdios da invenção do rádio esse meio de comunicação chegou a ser chamado de ‘wireless’? Esse termo em inglês hoje é muito familiar para gente com a popularização da internet, mas o seu significado já naquela época nada mais era que a possibilidade de transmissão de dados sem o uso de fios ou cabos.  Uma outra curiosidade interessante sobre o rádio? Já ouviu falar que um programa fictício sobre uma suposta invasão alienígena chegou a gerar pânico em massa e foi até manchete dos jornais? Sim, essa plataforma foi e continua sendo bastante influente para a sociedade, tendo se reinventado e se adaptado às mudanças do mundo moderno. Por isso, na galeria listamos fatos impressionantes sobre o rádio!

O Dia Mundial do Rádio – O Dia Mundial do Rádio foi declarado em 2011 pela UNESCO e desde então a data passou a ser comemorada no ano seguinte. O dia 13 de fevereiro é simbólico e eleito para celebrar o meio de comunicação pelo fato da United Nations Radio ter emitido pela primeira vez, em 1946, um programa simultâneo para um grupo de seis países.

‘Telegrafia sem fio’ – De acordo com o site portal Express, os primeiros progressos no desenvolvimento do rádio foram chamados de ‘telegrafia sem fio’. Curiosamente, por esse motivo, o rádio costumava ser chamado de wireless.

Inspiração – A palavra ‘transmissão’ era originalmente uma denominação agrícola para o processo de espalhar sementes.

Previsão – A existência de ondas de rádio e a viabilidade da transmissão de rádio foi prevista por James Clark Maxwell na década de 1860.

Já pensou? – Oficialmente, de 1922 a 1971, não era possível ouvir o rádio no Reino Unido sem ter uma licença. 

 

 

Guglielmo Marconi – O italiano Guglielmo Marconi foi o grande pioneiro na transmissão de rádio de longa distância. Ele era o bisneto de John Jameson, fundador do Jameson Irish Whiskey.

 

 

 

 

 

 

Em 1901 e 1902 – Guglielmo Marconi fez as primeiras transmissões transatlânticas bem-sucedidas de ondas de rádio.

 

 

 

 

 

 

 

Prêmio Nobel – Marconi foi homenageado com o Nobel da Física por suas ‘contribuições para o desenvolvimento da telegrafia sem fio’ em 1909.

 

 

 

Instantaneidade – Em 1903, Marconi permitiu ao presidente dos EUA, Theodore Roosevelt, enviar uma mensagem de rádio para o Rei Edward VII, da Inglaterra.

Antes de Marconi – Nikola Tesla, Oliver Lodge e Heinrich Hertz foram outros estudiosos que defendem ter inventado a transmissão de rádio.

Início da FM – A rádio FM fez sua primeira aparição em 1939.

‘Guerra dos Mundos’ – Por algum tempo, o rádio foi o maior meio de comunicação de massa. Seu poder de influência sobre a audiência era avassalador e foi comprovado pelo ator Orson Welles, que se tornaria depois um renomado diretor em Hollywood.

O início da histeria – Em 30 de outubro de 1938, a rede americana de rádio CBS (Columbia Broadcasting System) interrompeu sua programação musical para noticiar uma suposta invasão de alienígenas.

O poder da rádio – Veiculada como ‘notícia em edição extraordinária’, o programa ‘Guerra dos Mundos’ era, na verdade, o começo de uma peça de radioteatro.
A dramatização ajudou a CBS a bater a audiência da emissora concorrente (NBC), como também desencadeou pânico em várias cidades americanas. Houve pânico principalmente em localidades próximas a Nova Jersey, de onde a CBS emitia o programa e onde Welles ambientou sua história.

Foi noticiada fuga em massa e reações desesperadas de moradores também em Newark e Nova York.

A dramatização de ‘Guerra dos Mundos’, inspirada na obra de H. G. Wells, foi encenada em formato de noticiário com todas as características do radiojornalismo da época.

Reportagens externas, entrevistas com testemunhas que estariam vivenciando o acontecimento, opiniões de peritos e autoridades, efeitos sonoros, sons ambientes, gritos, a emoção dos supostos repórteres e comentaristas. Tudo dava impressão de o fato estar sendo transmitido ao vivo.

Foi manchete do jornal impresso! – O jornal Daily News resumiu na manchete do dia seguinte a recepção ao programa: ‘Guerra falsa no rádio espalha terror pelos Estados Unidos’

Um marco no radiojornalismo – ‘A invasão dos marcianos’ durou apenas uma hora, mas marcou definitivamente a história do rádio. A atração era mais mais que um episódio de série de rádio-teatro ‘The Mercury Theatre on the Air’. 

 

 

No Brasil – No Brasil, as radionovelas foram fundamentais para que a popularização do meio de comunicação e ainda projetaram artistas que migraram para a televisão. Entre os brasileiros que se destacaram na radiodramaturgia estão os autores Dias Gomes, Mário Lago, Janete Clair, Ivani Ribeiro, entre outros grandes nomes.

 

 

Consumo na atualidade – Estima-se que existam no mundo cerca 1.400.000 emissoras. O rádio ainda é uma das mídias usadas pelas pessoas para consumo de música.

Nos EUA – Em 1920, a primeira estação de rádio comercial do mundo, KDKA, foi ao ar em Pittsburgh, EUA.

Ainda influente – De acordo com o site Statista, portal que reúne estatísticas e estudos de mais de 18 mil fontes, o rádio é o terceiro meio mais poderoso dos EUA, atingindo 54% da população diária do país.

 

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend