Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 04 de June de 2020
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Conheça cinco práticas saudáveis para dormir melhor

Por Noticias ao minuto
Publicado em 14 de março de 2019 às 13:10H

Compartilhe:

Dormir bem é essencial e deveria ser natural.

Uma parcela significativa dos brasileiros sofre com problemas para dormir. A Associação Brasileira do Sono (ABS) estima que 73 milhões de pessoas têm insônia no País – número quatro vezes maior que a população do Chile. Ter um bom sono é considerado tão importante para a nossa saúde que existe uma data para reforçar as informações sobre essa atividade: o “Dia Mundial do Sono”, que neste ano é celebrado em 15 de março.

“Dormir bem é essencial e deveria ser natural. Porém, estamos vivendo a era da poluição mental maciça com grande repercussão sobre todo o nosso corpo. As alterações do sono mexem com o ciclo de produção de hormônios importantes para a manutenção do estado de saúde. Diminuição da imunidade, distúrbios do humor, problemas cardiovasculares e endócrinos estão associados à insônia crônica”, explica Fabrício Dias, consultor da Weleda e médico da família especializado em Medicina Antroposófica.

Segundo os princípios da Medicina Antroposófica, para uma pessoa ter um sono noturno reparador é preciso que ela esteja bem acordada e atenta durante o dia. “Com uma atenção difusa e semiconsciente, conservamos um estado de semi-sonolência à noite. Mantemos na tela mental pensamentos acelerados sem necessariamente um foco importante. Seria essa a causa da insônia”, avalia Dias. Para minimizar o problema, a Weleda, empresa suíça de cosméticos orgânicos e medicamentos de origem natural, listou abaixo cinco dicas que podem contribuir para uma melhor qualidade do sono:

1. Esteja bem acordado e presente

Na avaliação do Dr. Fabrício Dias, o ideal é acordar, tomar o café da manhã e começar o dia com foco e atenção plena no momento presente. “Os pensamentos devem ser controlados pela consciência e não “galopar” livremente na nossa mente. Temos de evitar viver automaticamente como um sonâmbulo”, comenta o médico.

2. Atenção às telas

A segunda recomendação do médico é afastar-se de informações desnecessárias, principalmente quando o horário de dormir se aproxima. “As telas facilmente acessíveis aos olhos alteram a produção de melatonina, que é o hormônio do sono. O ideal é trocar a tela brilhante que nos acorda e agita a mente por uma leitura calma”, diz.

3. Mexa-se sempre

A prática regular de exercícios físicos é também benéfica para o sono, assim como para o pensamento acelerado e para a diminuição dos hormônios causadores do estresse. “A atividade física contrapõe o estado de alerta do estresse com melhoria das funções de vários órgãos”, explica Dias.

4. Coma de forma saudável

“Sabemos que o excesso de gordura, sal e açúcares pode alterar a qualidade do sono, bem como substâncias estimulantes, a exemplo da cafeína”, afirma o médico antroposófico. Por isso, uma alimentação balanceada com fibras naturais, verduras cruas e frutas em quantidades adequadas é essencial para uma boa saúde e noite de sono.

5. Pratique a higiene do sono e medite

Segundo Fabrício Dias, o ritmo é fundamental para a qualidade de vida. “Um desacelerar no entardecer com menos luz, barulhos e atividades estimulantes do pensamento ajuda bastante a ter um sono reparador. Paralelamente, as práticas meditativas são a grande joia do mundo moderno para mudar o constante raciocínio acelerado que causa insônia em tantas pessoas”, finaliza o especialista.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend