Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 18 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Gasolina no Pará apresenta alta em janeiro mesmo após quedas anunciadas pela Petrobras

Por G1
Publicado em 03 de fevereiro de 2020 às 14:23H

Compartilhe:
Gasolina comercializada no Pará é a terceira mais cara da região Norte. — Foto: NSC TV

A gasolina comercializada em postos de combustíveis do Pará voltou a ficar mais cara no mês de janeiro, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioecônomicos (Dieese-Pa). A alta foi registrada mesmo após três quedas de preços anunciadas pela Petrobras.

De acordo com o estudo do Dieese, realizado com base em dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o Pará comercializou em janeiro a terceira gasolina mais cara da região Norte e a 12ª mais cara do Brasil. O balanço identificou que a gasolina no estado foi comercializada no dezembro em média a R$ 4,66, com valor mínimo de R$ 4,09 e máximo R$ 5,50. Em janeiro, o preço médio foi de R$ 4,67, com menor preço registrado em R$ 4,09 e o maior a R$ 5,50.

Na capital paraense, o preço médio da gasolina em janeiro foi de R$ 4,56, com preços variando entre R$4,380 e R$4,799. No Pará, a cidade que registrou o preço da gasolina mais alto foi Parauapebas, com valor médio de R$5,195, seguido dos municípios de Redenção, Abaetetuba, Altamira, Conceição do Araguaia, Alenquer e Xinguara. Em janeiro, a Petrobras reduziu o preço da gasolina em refinarias em mais de 7%, mas essa redução não chegou aos consumidores do Pará.

Os estados que apresentaram a média de preço do litro de gasolina mais caros do país foram o Rio de Janeiro, seguido do Acre, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend