Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de October de 2019
Sistema Floresta

Inadimplência cresce em menor ritmo no país, diz SPC Brasil

Por R7
Publicado em 19 de setembro de 2019 às 12:45H

Compartilhe:

O número de consumidores com nome sujo cresceu em menor ritmo em agosto, segundo pesquisa divulgada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

Em agosto deste ano, houve avanço de 2% na quantidade de inadimplentes em comparação com o mesmo mês de 2018.  Em contrapartida, o volume de dívidas diminuiu, com queda de 0,83%. 

A pesquisa aponta que cada consumidor deve, em média, R$ 3.277,74. Cerca de 53% dos entrevistados afirmam ter dívidas de até R$ 1.000. O restante tem dívidas maiores. 

Considerando as contas de serviços básicos, como água e luz, foi registrado um avanço expressivo de 17,6% no volume de atrasos na comparação com agosto de 2018. O segmento de bancos também apresentou alta de 2,8%, enquanto comunicação e comércio, por sua vez, tiveram quedas de 19,5% e 4,7%, respectivamente.

Metodologia da pesquisa

O indicador de inadimplência do consumidor sumariza todas as informações disponíveis nas bases de dados às quais o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) têm acesso. As informações disponíveis referem-se a capitais e interior das 27 unidades da federação.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend