Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 17 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Novo mínimo deve injetar R$ 68,6 milhões no Pará

Por Dol
Publicado em 29 de janeiro de 2020 às 10:44H

Compartilhe:

O novo salário mínimo de R$ 1.039 começou a entrar no bolso do trabalhador desde o final da semana passada, com o início do pagamento de servidores federais, municipais e estaduais, de aposentados e pensionistas da Previdência, que estão recebendo seus salários e benefícios referentes ao mês de janeiro, e finalmente os trabalhadores do setor privado, cujos pagamentos se estenderão até o 5º dia útil do mês de fevereiro.

Em termos regionais, o Dieese/PA estima que, com o aumento do salário mínimo para R$ 1.039, aproximadamente R$ 130,5 milhões devem entrar na economia da região Norte, alcançando aproximadamente 3,2 milhões de pessoas. Segundo o Dieese/PA, deste total de recursos que devem entrar na economia da região Norte neste mês de janeiro, cerca de 52% (aproximadamente R$ 68,6 milhões), devem ser injetados na economia do Estado do Pará.

Em dezembro de 2019, a cesta básica dos paraenses custou R$ 414,13 e comprometeu cerca de 45% do antigo salário mínimo de R$ 998. Com o novo mínimo de R$ 1.039, o impacto deverá diminuir um pouco, mas não o bastante para atender os preceitos constitucionais, que preveem que o trabalhador tenha condições de ter acesso à habitação, vestuário, transporte, educação, alimentação, lazer, etc. Para isso, o salário mínimo deveria ser hoje, segundo o Dieese, em torno de R$ 4.342,57.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend