Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 19 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Vale fecha primeiro trimestre com menor investimento em 13 anos

Por Notícias ao minuto
Publicado em 26 de abril de 2018 às 16:01H

Compartilhe:

No trimestre, a Vale teve o menor nível de investimentos para os três primeiros meses do ano desde 2005.

© Ricardo Moraes / Reuters

Vale anunciou lucro de R$ 5,1 bilhões no primeiro trimestre de 2018, queda de 35,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, como resultado de maiores despesas, perdas com variações cambiais e pagamento de tributos. No trimestre, a Vale teve o menor nível de investimentos para os três primeiros meses do ano desde 2005, como parte de sua estratégia para melhorar o retorno aos acionistas, anunciada após a divulgação do balanço de 2017.

A companhia investiu US$ 890 milhões, o equivalente a R$ 2,9 bilhões, ao câmbio do encerramento do trimestre. Para o ano, a previsão é de US$ 3,8 bilhões (ou R$ 12,5 bilhões).O corte nos investimentos se dá após a conclusão do projeto S11D, o maior empreendimento recente da mineradora, que entrou em operação no fim de 2016 e consumiu cerca de US$ 14 bilhões.

A estratégia atual é “respirar um pouco”, segundo disse no início do ano o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, e priorizar o retorno aos acionistas: este ano, a empresa já anunciou a distribuição de R$ 4,7 bilhões em dividendos. No primeiro trimestre, a empresa teve receita líquida de R$ 27,9 bilhões, alta de 4,45% com relação ao primeiro trimestre de 2017.

A geração de caixa medida pelo Ebitda, porém, caiu 4,7%, para R$ 12,9 bilhões.O custo dos produtos vendidos cresceu 14,1%, para R$ 16,9 bilhões, reduzindo a margem bruta da empresa, de 44,4% no primeiro trimestre de 2017 para 39,2%.Em comunicado distribuído nesta quarta (25) para apresentar o balanço, o presidente da Vale disse que a empresa “mostrou notável flexibilidade e uma ótima performance durante um primeiro trimestre muito complexo”.

“Estamos bem posicionados para gerar retornos significativos aos nossos acionistas, alavancando nosso portfólio de produtos premium e flexível”, afirmou Schvartsman.cA empresa continua em processo de redução de sua dívida, que caiu 18% em relação ao quarto trimestre de 2017, para US$ 14,9 bilhões, o menor nível desde o segundo trimestre de 2011.c”No curto prazo, atingiremos a meta de US$ 10 bilhões de dívida líquida e nosso sólido balanço e forte geração de caixa nos permitirão aumentar substancialmente a remuneração aos acionistas”, disse, no documento, o diretor financeiro da companhia, Luciano Siani Pires.

Do total investido pela mineradora no primeiro trimestre, 40,5% foram destinados a execução de projetos e o restante, a manutenção das operações.A companhia diz que, desconsiderando fatores não recorrentes como a revisão contábil do valor de ativos, o lucro seria de R$ 5,8 bilhões. Com informações da Folhapress.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend