Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 16 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

‘Emergência climática’ é eleita a ‘Palavra do ano’ pelo Dicionário Oxford

Por G1
Publicado em 21 de novembro de 2019 às 14:17H

Compartilhe:
Foto: Kevin Lamarque/Reuters

A “Palavra do ano” de 2019, segundo o Dicionário Oxford, é “emergência climática”. Ela foi divulgada nesta quarta-feira (20) e, segundo o próprio dicionário britânico, o uso do termo aumentou mais de 100 vezes desde setembro de 2018. Os dados foram coletados em um banco com milhões de palavras em inglês. 

A definição de “emergência climática” estabelecida pelo Oxford é: “uma situação em que é necessária uma ação urgente para reduzir ou interromper a mudança climática e evitar danos ambientais potencialmente irreversíveis.” 

Todos os anos, a editora elege a palavra que, naquele período, atraiu um grande interesse. As palavras candidatas ao prêmio são debatidas por um júri, que, segundo a instituição escolhe o termo vencedor com base no “potencial duradouro” e na “significância cultural”. 

“A palavra ‘clima’ tem sido fundamental para 2019 e aparece em várias frases importantes, mas a ‘emergência climática’ se destaca por vários motivos. Estatisticamente falando, isso representa uma nova tendência para o uso da palavra ‘emergência'”, disse a equipe do dicionário.

Ainda segundo o Oxford, a escolha do termo em pesquisas científicas sobre questões climáticas influenciou o aumento do uso neste ano. Um artigo recente, assinado por 11 mil cientistas e 153 países, alertou que “os pesquisadores têm uma obrigação moral de alertar claramente a humanidade sobre qualquer ameaça catastrófica”. 

O jornal “The Guardian” escolheu editorialmente o uso do termo “emergência climática” no lugar de “mudanças climáticas”. A ideia é reforçar que os impactos do aquecimento global já estão acontecendo no planeta. 

O termo foi escolhido a partir de uma lista com outras expressões relacionadas ao assunto: “ação climática”, ” crise climática”, “negação climática”, “eco-ansiedade”, “ecocídio”, “extinção”, “aquecimento global”. 

“Este foi um ano fascinante para a palavra ‘clima’, e vemos isso especialmente na maneira como as pessoas que falam o inglês passaram a combiná-la com outras palavras”, disse Casper Grathwohl, presidente da empresa do Oxford.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend