Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 21 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

MEC deve avaliar estudantes do 2º ano fundamental por amostra

Por R7
Publicado em 02 de maio de 2019 às 14:03H

Compartilhe:
(Valter Campanato/Agência Brasil)

Ministro da Educação Abraham Weintraub ao lado do presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Elmer Coelho Vicenzi, anunciou na manhã desta quinta-feira (2) algumas novidades para o Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), entre elas, a avalição por amostragem não censitária para alunos do 2º ano do fundamental.

Os exames serão realizados entre 21 de outubro a 1º novembro e o resultado divulgado até dezembro 2020. Entre as novidades anunciadas será produzido um ditado, pela primeira vez será aplicada uma prova de ciências por amostragem, questionários serão enviados para secretários de educação de Estados e Municípios, além da avaliação, também por amostragem, de professores da pré-escola e creches.

“A proposta é avaliar o desempenho das crianças e o sistema de ensino como um todo para corrigir o que não está funcionando e diminuir a taxa de abandono e insucesso escolar”, afirmou Weintraub. Por essa razão, estudantes do 2º ano serão avaliados por amostragem.

Segundo o ministro, a avaliação por amostragem não prejudica o acompanhamento da série histórica. Serão avaliadas 7 milhões de crianças em todo o Brasil a um custo de R$ 500 milhões, conforme correção feita pelo Inep por meio de nota. Durante coletiva de imprensa, o valor anunciado foi de R$ 500 mil.

Estudantes da rede pública serão avaliados em português e matemática no 5º e 9º do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio. A avalição de alunos da rede privada será por amostragem.

Weintraub confirmou que após a assinatura de contrato com a gráfica Valid, na última terça-feira (30) permite a realização do Saeb e também do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). “No momento, nada muda para a realização do Enem, os estudantes devem se preparar normalmente para as provas, no futuro, a intenção é que tenhamos um sistema mais moderno”, mas não especificou qual.

Sobre o contingenciamento de 30% do orçamento das universidades federais, o ministro não quis comentar.

Saeb 

Em 2018, o presidente Michel Temer decidiu incluir alunos em alfabetização no Saeb. No início do ano, o MEC anunciou que a avaliação das crianças no 2º ano do ensino fundamental não seria realizada. Após polêmica, o governo voltou atrás. 

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend