Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 13 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Retomada das atividades na UFPA depende da deliberação do Conselho Superior

Por ORM
Publicado em 21 de julho de 2020 às 05:15H

Compartilhe:
Instituição dá hoje mais um passo à continuidade do processo eleitoral: posse de novo reitor é em outubro (Thiago Pelaes / UFPA)

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da Universidade Federal do Pará (UFPA) informou, nesta segunda-feira (20), que as datas e condições de retomada das atividades de ensino de graduação na instituição serão objeto de deliberação do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), que reúne-se, ordinariamente, a cada mês, e extraordinariamente, quando necessário. Mas ainda não foi informada a previsão para anúncio dessas deliberações.

Esse processo será feito com base em contribuições recebidas de todas as unidades e nas recomendações do Grupo de Trabalho (GT) da UFPA sobre o novo coronavírus. “A deliberação do Consepe/UFPA será a referência para a organização do trabalho acadêmico em todas as unidades da UFPA”, informou a instituição.

O Consepe é órgão de consultoria, supervisão e deliberação em matérias relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão, assim como ao estabelecimento das normas que regem o processo seletivo para ingresso na UFPA, a elaboração anual do calendário acadêmico, a aprovação de cursos de extensão, de pós-graduação, além de outras funções.

Já o GT sobre o novo coronavírus, que foi instalado no dia 13 de março, acompanha a evolução do cenário epidemiológico da doença covid-19 e divulga recomendações à comunidade acadêmica. A iniciativa visa orientar medidas preventivas.

O GT é composto por pesquisadores da área de saúde, administração, comunicação, gestores de ensino, pesquisa e extensão, representantes de dirigentes de unidades e campi, além de representação estudantil, sob a presidência da professora Rita Medeiros, infectologista do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB).

Professores

Na última sexta-feira (17), a Associação de Docentes da Universidade Federal do Pará (Adufpa) informou que a categoria decidiu não retornar às atividades presenciais até o final deste ano, enquanto perdurar a pandemia da covid-19. Os docentes também se posicionaram contra o ensino remoto e defenderam o cancelamento do segundo período letivo de 2020.

Na nota divulgada na sexta, a Adufpa informou que esses posicionamentos, definidos por meio de uma assembleia, serão defendidos pela entidade no Consepe e na Comissão da Universidade que analisa o trabalho remoto e o retorno das atividades acadêmicas.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend