Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 18 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Dirigentes precisam fazer algo contra o racismo, afirma Ferdinand

Por Dol
Publicado em 09 de dezembro de 2020 às 17:42H

Compartilhe:
© Reuters/Lee Smith/Direitos Reservados

O ex-zagueiro Rio Ferdinand afirmou que o futebol está em um “momento crítico” e quem está no poder precisa se posicionar depois que os jogadores de Istanbul Basaksehir e Paris Saint-Germain (PSG) saíram de campo na terça-feira em meio a acusações de que um árbitro usou um termo racista.

O jogo do Grupo H da Liga dos Campeões, no Parc des Princes, foi suspenso aos 13 minutos, quando o quarto árbitro Sebastian Coltescu foi acusado de usar um termo racista contra o auxiliar técnico do Basaksehir, Pierre Webo.

O incidente ocorreu dias depois de alguns torcedores na partida do Millwall contra o Derby County, da segunda divisão inglesa, vaiarem os jogadores quando eles se ajoelharam no sábado (5) em apoio ao movimento “Black Lives Matter” (vidas negras importam).

“Estamos em um momento crítico perturbador”, disse o ex-jogador da seleção inglesa Ferdinand ao BT Sport. “Temos Millwall, o jogo do PSG hoje, tudo na mesma semana. Não passa uma semana sem um incidente envolvendo raça.” “Estamos no ponto em que algo precisa ser feito, dizemos isso o tempo todo, mas os poderosos deste esporte precisam tomar uma grande posição.”

A Uefa informou que vai abrir uma “investigação completa” sobre o incidente e que o restante do jogo será disputado na quarta-feira com uma nova equipe de árbitros.

O atacante do PSG Neymar postou uma foto sua no Twitter junto com a frase ‘Black Lives Matter’, enquanto seu companheiro de equipe Kylian Mbapppé expressou apoio ao camaronês Webo.

“DIGA NÃO AO RACISMO”, escreveu o francês no Twitter. “WEBO ESTAMOS COM VOCÊ.”

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend