Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 21 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Luz do sol destrói coronavírus, diz estudo de agência americana

Por Dol
Publicado em 28 de abril de 2020 às 04:30H

Compartilhe:

Um estudo divulgado por uma autoridade dos Estados Unidos na última quinta-feira (23) mostrou que o novo coronavírus é destruído pela luz do sol e que devido a esse fator, a pandemia pode diminuir no verão.

William Bryan, consultor de ciência e tecnologia do Departamento de Segurança Interna, disse aos jornalistas, na Casa Branca, que os cientistas do governo descobriram o potencial que os raios ultravioletas impactam na não propagação de covid-19.

“Nossa observação mais impressionante até o momento é o poderoso efeito que a luz solar parece ter sobre a morte do vírus, tanto na superfície quanto no ar”, explicou. “Vimos um efeito semelhante tanto com a temperatura quanto com a umidade, o aumento da temperatura ou da umidade ou ambas é geralmente menos favorável ao vírus”.

O cientista mostrou que o tempo necessário para reduzir a vida do vírus pela metade é de 18 horas, quando exposto a temperatura de 21 a 24 graus Celsius com 20% da umidade em uma superfície não porosa. Quando a umidade subiu para 80%, o tempo diminuiu para seis horas. A grande surpresa do estudo foi quando a luz solar foi incluída, fazendo com que o vírus fosse destruído em apenas dois minutos.

Em alerta, William disse ainda que o fato de poder diminuir a propagação do vírus não significa que ele sumirá completamente, sendo importante também manter as medidas de isolamento. “Seria irresponsável dizer que percebemos que o verão matará totalmente o vírus e que as pessoas poderiam ignoram essas diretrizes”, concluiu.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend