Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 18 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Isolamento no Pará aumenta mas ainda está abaixo do recomendado; Belém chegou 60%

Por G1
Publicado em 11 de maio de 2020 às 16:33H

Compartilhe:
Isolamento no Pará aumenta mas ainda está abaixo do recomendado; Belém chegou 60% — Foto: Bruno Cecim/Agência Pará

O índice de isolamento no Pará subiu no último domingo (10), primeiro dia de rigor e aplicação de multas do lockdown. O estado chegou a 54,95% da população dentro de casa, melhor número do Brasil; no sábado (9), essa taxa era de 49,15%. O recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é no mínimo 70% de isolamento para reduzir os casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Em Belém, o crescimento aproximou a taxa do ideal. O índice saltou de 53,7%, no sábado; para 60,1%, no domingo. O governador do Pará, Helder Barbalho, agradeceu a população em um vídeo nas redes sociais.

“Isso é fruto do envolvimento e da consciência de todos os paraenses. Aqueles que aderiram, meu muito obrigado. Aqueles que ainda não puderam aderir, vem com a gente pra salvar a vida da nossa população. Queria registrar que Belém atingiu uma taxa muito importante para que nós possamos reduzir o número de óbitos”, disse.

Nas 10 cidades onde o ‘lockdown’ os índices foram: Belém (60,1%), Ananindeua (57,7%), Marituba (53,7%), Benevides (55,3%), Santa Bárbara (53,1%), Santa Izabel (55,9%), Castanhal (57,1%), Santo Antônio do Tauá (62,6%), Breves (63,2%) e Vigia (58,6%).

Em Belém e a Ananindeua, cidades com as maior quantidade de casos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Maracangalha (75,7%), Cremação (73,2%) e Água Boa (72,4%), Guanabara (70,5%), Atalaia (69,5%) e Cidade Nova V (65,6%).

Já os bairros onde as pessoas mais desobedeceram a recomendação foram: Maracacuera (38,6%), Brasília (40,8%) e São João do Outeiro (41,4%), Curuçambá (38,1%), Icuí-Laranjeira (43,1%) e Maguari (46%).

A porcentagem de isolamento dos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis em um espaço exclusivo sobre os índices no site da Segup.

Fiscalização e aplicação de multas começaram em cidades atingidas pelo lockdown no Pará. — Foto: André Laurent/TV Liberal

Fiscalização e aplicação de multas começaram em cidades atingidas pelo lockdown no Pará. — Foto: André Laurent/TV Liberal

O domingo foi o primeiro dia de autuação, após três dias de trabalho educativo. A previsão é que a suspensão total de atividades não essenciais, com restrição de circulação de pessoas, siga até o próximo domingo (17).

De 00h01 às 23h59 de domingo, 91 multas foram aplicadas por desobediência ao ‘lockdown’, 84 para pessoas físicas e sete para jurídicas. Belém registrou o maior número de ocorrências, totalizando 50 multas. Na região metropolitana de Belém, os bairros com mais penalidades foram: 40 horas (10), em Ananindeua; Marco (6) e Icoaraci (5).

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend