Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 13 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Pará registra 58,45% de isolamento social, mas feriado prolongado preocupa

Por ORM
Publicado em 30 de abril de 2020 às 16:25H

Compartilhe:

O índice de isolamento social apontou que 58,45% da população do Pará permaneceu em casa na quarta-feira, 29, deixando o Estado na 5ª posição no ranking nacional de localidades que mais respeitaram a quarentena, ficando atrás de Goiás (61,70%), Amapá (60,42%), Maranhão (59,65%) e Piauí (58,57%). Os dados foram divulgados na manhã desta quinta-feira, 30, pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

Na véspera do feriado do Dia do Trabalhador, o secretário de Segurança Pública do Pará, Ualame Machado, reforçou o pedido para que as pessoas não saíam de casa e não se desloquem para balneários do interior do Estado. Assim como no feriado da Semana Santa e Tiradentes, uma operação de segurança já está em curso para evitar a ida para outras cidades, salvo exceções, como o serviço de abastecimento e saúde, por exemplo, como determina o decreto governamental 609/2020.

“O Pará continua figurando entre as 10 unidades da federação com o melhor índice de isolamento. Conquistamos o quinto lugar, com cerca de 60% de isolamento social, um número muito bom, porém ainda abaixo dos 70%, recomendado. E a gente conclama a toda a população paraense, aproveitando esse período em que estamos diante de um feriado prolongado, para que as pessoas fiquem em casa. Se precisarem sair, apenas em situações necessárias e prevenidas com máscara, lavando as mãos com água e sabão, usando álcool em gel ou álcool 70%, para que nós possamos realmente acabar com a progressão da doença no Pará”, enfatizou.

Municípios
De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento, ou seja, onde as pessoas passaram mais tempo em casa respeitando a quarentena, estão nos municípios de Anajás (88,1%), Terra Alta (88,1%) e São Caetano de Odivelas (84,2%). Os piores índices são de Abel Figueiredo (41,5%), Redenção (46,7%) e Jacundá (46,9%).

Descentralização
Nos municípios de Marabá, Santarém e Breves a taxa de isolamento esteve, na quarta-feira, com 53,5%, 48,3% e 71,6%, respectivamente.

Belém e Ananindeua
A capital paraense registrou índice de 58,7% e Ananindeua 64,3%.  
Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de concentração em casa foram: Guanabara (81,5%), Águas Negras (72,9%) e Cruzeiro (71,2%). Já os bairros onde as pessoas desobedeceram à recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram: Campina (44%), Castanheira (45,6%) e Jurunas (46,3%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Águas Lindas (81,1%), Atalaia (81,1%) e Júlia Seffer – fora da área comercial – (80,2%). Já os piores índices foram observados nos bairros Geraldo Palmeira (49,2%), Guanabara (49,8%) e Maguari (50,3%).

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend