Uma família que mora no bairro Cristo Vive em Tucuruí está passando por momentos de aflição. José Augusto Correia, conhecido por Lucas, está desaparecido desde 15 de novembro do ano passado. Ele tem epilepsia e toma remédio controlado. Ana Lúcia Vasconcelos, mãe do rapaz, conta que ele é tranquilo e que saiu de casa apenas de bermuda e chinelo. O desespero dos familiares aumentou quando um corpo em estado de decomposição foi encontrado no quilômetro 3 da Transcametá em dezembro. Mas até o momento não saiu o resultado do exame de DNA, que pode demorar até 6 meses para comprovar se de fato é ou não o Lucas. A família acredita que ele ainda está vivo e pede ajuda da população para encontra-lo.

Informações no telefone (94) 992002629