Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Promotoria vai fiscalizar acordo para realização de concurso público

Por MPPA
Publicado em 17 de abril de 2019 às 23:01H

Compartilhe:

O promotor de Justiça Sávio Ramon Batista, titular da Promotoria de Justiça de Jacundá, assinou, nesta quarta-feira (17), portaria instaurando procedimento administrativo para fiscalizar o cumprimento de um termo de ajustamento de conduta (TAC) em que a Câmara Municipal se comprometeu a realizar concurso público para preenchimento de vários cargos na administração pública.

Segundo o TAC celebrado em novembro de 2018 com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), a Câmara Municipal de Jacundá deve realizar, até o mês de julho de 2019, concurso público para o preenchimento de vários cargos, entre motorista, vigia, auxiliar administrativo, digitador, agente de portaria, contador a assessor jurídico. A nomeação e posse dos aprovados no certame também deve ocorrer até aquele mês. 

O TAC foi firmado depois de o MPPA identificar que a Câmara Municipal nomeou servidores para cargos em comissão e os designou para realizar atividades rotineiras, que deveriam ser preenchidas por pessoas aprovadas em concurso público. Por lei, os cargos em comissão devem ser destinados a funções de direção, chefia e assessoramento. 

No mesmo acordo, a Câmara, representada pelo vereador Lindomar Marinho, presidente da Casa, se comprometeu a não realizar contratações temporárias de servidores e nem criar cargos comissionados para funções que não sejam de chefia, assessoramento ou direção. 

O procedimento administrativo 01/2019, instaurado nesta quarta-feira, tem vigência de um ano. A Câmara já foi notificado sobre o ato do MPPA e já recebeu requisição para apresentar o cronograma de realização do concurso público.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend