Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 24 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Pará ainda é 3º no ranking de isolamento mesmo sob decreto de lockdown

Por ORM
Publicado em 11 de maio de 2020 às 04:25H

Compartilhe:

O Pará permaneceu em terceiro lugar no ranking brasileiro de isolamento social no sábado (9), com apenas 49,15% de pessoas em casa. No terceiro dia de lockdown, o Estado ficou atrás do Ceará (50,76%) e Amapá (50,71%), e acompanhou as outras unidades da federação, que também apresentaram taxas muito abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que indica o mínimo de 70%. Os dados foram divulgados neste domingo (10), pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

“Por dias seguidos, nós tivemos posições boas no ranking; até primeiro lugar já atingimos. Só que o percentual de isolamento não nos agrada, tendo em vista que temos que atingir 70% de isolamento e nós estamos alcançando, por exemplo, neste sábado, 49% de isolamento social, o que ainda não é satisfatório. Por isso, a necessidade de melhorar esse percentual. E, por meio do cumprimento do decreto do lockdown, iremos aplicar muito mais rigor nessas fiscalizações a fim de aumentar o número de pessoas em casa”, ressaltou o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado.

A suspensão total de atividades não essenciais, com restrição de circulação de pessoas, está ocorrendo em dez municípios paraenses, desde a última quinta-feira (7).

De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento, no sábado (9), foram nos municípios de Nova Esperança do Piriá (64,3%), Cachoeira do Arari (62,5%) e Limoeiro do Ajuru (61,9%). Já os piores índices foram registrados em Bom Jesus do Tocantins (31,8%), Novo Progresso (32,2%) e Brasil Novo (32,6%). 

Belém e Ananindeua

Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram Curió-Utinga (68,2%), Cidade Velha (66,2%) e Batista Campos (64%). Já onde as pessoas desobedeceram a recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram Águas Lindas (29,06%), Carananduba (33,3%) e Brasília (37,08%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Cidade Nova IV (60,9%), Cidade Nova III (60,3%) e Águas Lindas (58,7%). Já os piores índices foram observados nos bairros Guanabara (35,3%), Heliolândia (38,9%) e Águas Lindas (43,6%).

Nas 10 cidades onde ocorre o lockdown, os índices foram: Belém (53,7%), Ananindeua (51,3%), Marituba (47,8%), Benevides (52,9%), Santa Bárbara (51,6%), Santa Izabel (48,9%), Castanhal (50,4%), Santo Antônio do Tauá (53,2%), Breves (60,8%) e Vigia (49%).

Índices de isolamento por bairro em Belém no sábado (9):
Melhores: Curió-Utinga (68,2%), Cidade Velha (66,2%) e Batista Campos (64%)
Piores: Águas Lindas (29,06%), Carananduba (33,3%) e Brasília (37,08%)

Índices de isolamento por bairro em Ananindeua no sábado (9):
Melhores: Cidade Nova IV (60,9%), Cidade Nova III (60,3%) e Águas Lindas (58,7%)
Piores: Guanabara (35,3%), Heliolândia (38,9%) e Águas Lindas (43,6%)

Confira o índice de isolamento social nos 10 municípios onde está ocorrendo o lockdown, no sábado (9):
Belém: 53,7%
Ananindeua: 51,3%
Marituba: 47,8%
Benevides: 52,9%
Santa Bárbara: 51,6%
Santa Izabel: 48,9%
Castanhal: 50,4%
Santo Antônio do Tauá: 53,2%
Breves: 60,8%
Vigia: 49%

Serviço:

A porcentagem de isolamento dos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis em um espaço exclusivo sobre os índices no site da Segup

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend