Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 19 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Pará registra mais de 380 multas em 24h por desobediência ao lockdown

Por G1
Publicado em 19 de maio de 2020 às 21:17H

Compartilhe:
Agência Pará

De 00h01 às 23h59 da segunda-feira (18), 385 multas foram aplicadas por desobediência ao lockdown. Belém registrou o maior número de ocorrências, totalizando 212 multas. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (19).

Na Região Metropolitana, incluindo os distritos, os bairros com mais penalidades foram: Sousa (26), Bengui (21) e Coqueiro (22). A segunda-feira foi o nono dia de autuação, após três dias de trabalho educativo. O lockdown foi prorrogado até o próximo dia 24, permanecendo suspensas as atividades não essenciais e com restrição de circulação de pessoas pela cidade.

Do domingo (10) até esta segunda-feira (18), 2.929 multas já foram aplicadas para quem foi identificado circulando em vias públicas sem necessidade comprovada.

Detran

Nas últimas 24 horas, dez notificações foram realizadas pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran) em descumprimento ao decreto governamental que estabeleceu o lockdown. As notificações registradas pelos agentes foram aplicadas em todo o Estado a pessoas físicas que insistiam em transitar sem a comprovação necessária.

O Detran realiza diariamente mais de dez pontos de bloqueios de via, em parceria com outros órgãos de segurança e agentes sanitaristas municipais.

Na manhã desta terça-feira (19), o órgão ampliou os pontos de fiscalização em Belém e montou barreiras em locais estratégicos a fim de restringir a circulação inadequada nas vias. Em alguns locais de atuação como Almirante Barroso, Avenida João Paulo II e rodovia Arthur Bernardes, houve um registro intenso de veículos.

As ações também ocorreram nas cidades de Tucumã, Vigia, Capanema e Castanhal, através de barreiras sanitárias e abordagens de orientação na entrada destes municípios.

Contudo, a necessidade de se comprovar que está nas ruas para uma atividade essencial não é válida apenas para os veículos de passeio. Usuários de transportes coletivos também são alvo da fiscalização quanto ao uso de máscaras e a determinação de não permitir passageiros em pé.

Balanço

Desde o início da operação lockdown, além das notificações em descumprimento ao decreto, o órgão já registou mais de 100 multas por infração de trânsito em todo o estado. A sua maioria por conduzir motocicleta sem o uso do capacete de segurança com viseira ou óculos de proteção – o que é considerado infração de natureza gravíssima, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Também no auxílio às medidas preventivas da Covid-19, os agentes de fiscalização já distribuíram quase 3 mil máscaras em ações de orientação e higienização aos condutores e usuários dos transportes coletivos.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend