Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 18 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Pará recebe primeiros 139 respiradores que irão reforçar leitos de UTIs

Por Dol
Publicado em 04 de maio de 2020 às 08:31H

Compartilhe:
| Reprodução/ Instagram

Para ampliar ainda mais a rede de atenção a pacientes com casos graves de Covid-19 no Pará, o Governo do Estado recebeu, na madrugada desta segunda-feira (04), o primeiro lote com 139 respiradores, de um total de 400, comprados com recursos do Tesouro estadual.

O índice de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Estado é de 80%, mas aumenta para 96% quando se trata somente da Região Metropolitana de Belém (RMB). Entre sexta-feira (1º) e domingo (03), foram criadas 68 novas vagas de tratamento intensivo.

O restante em um novo voo programado para 9 de maio (próximo sábado). A carga inclui ainda 1.600 bombas de infusão e 500 monitores paramétricos. A logística depende dos trâmites alfandegários na China. Os equipamentos permitirão a instalação de mais leitos de UTI para pacientes com o novo coronavírus.

“Com esses equipamentos, ampliaremos leitos de UTI na Região Metropolitana e também para cidades do interior que precisam do reforço correto”, informou o governador Helder Barbalho, confirmando a instalação de mais Hospitais de Campanha em Belém e outros municípios. No início da semana, adiantou Helder Barbalho, será apresentado um plano logístico relacionado à criação dessas estruturas hospitalares nas microrregiões do Estado, que servirão de retaguarda aos 14 hospitais referenciados em todo o Pará para o tratamento da Covid-19. Com o sistema de saúde municipal de Belém e cidades da região metropolitana saturados, sem atender a população permanentemente, coube ao Governo do Estado abrir novos postos para receber os pacientes com sintomas de Covid-19.

LOCKDOWN

O Governo do Pará deve ampliar as restrições à circulação de pessoas a partir da próxima terça-feira (06), se o índice de isolamento social não alcançar o percentual de 70%, determinado pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para o combate à disseminação do novo Coronavírus. Em entrevista à Globo News, concedida na manhã deste domingo (3), o governador Helder Barbalho confirmou que medidas mais rigorosas, como bloqueio de ruas, devem fazer parte de decreto estadual nesta semana.

O reforço nas restrições, em um primeiro momento, não deve atingir todo o Pará, e sim os 18 municípios que concentram 95% dos casos de Covid-19 – incluindo os da Região Metropolitana de Belém (RMB). A justificativa para o possível lockdown está no aumento do número de mortes pela doença, que triplicou em uma semana, registrando um aumento de 222%, muito acima da média nacional, de 68%, no mesmo período.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend