Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 21 de September de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Mais de 450 focos de incêndio florestal foram combatidos na Amazônia Oriental durante Operação Verde Brasil, afirma Exército

Por G1
Publicado em 25 de outubro de 2019 às 10:33H

Compartilhe:

O Exército Brasileiro divulgou o balanço final da Operação Verde Brasil na Amazônia Oriental, que terminou nesta quinta-feira (24). De acordo com o levantamento, mais de 450 focos de incêndio foram combatidos nos estados do Pará, Maranhão, Amapá e Tocantins durante 60 dias de operação. Ainda segundo o Exército, durante as ações de combate ao fogo, foram apreendidos 24 materiais irregulares, como motosserras e outros itens usados no desmatamento. 

O trabalho de combate ao fogo na região começou no dia 28 de agosto. O Exército atuou em áreas de preservação atingidas pelas queimadas. Segundo o Exército, a ação no estado faz parte da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), com objetivo de controlar as queimadas na Amazônia. 

Durante a operação, o Exército contou com apoio de agências federais, órgãos estaduais e municipais. Foram realizadas 711 patrulhas, sendo 394 terrestres, 165 aéreas, 140 fluviais e 12 navais. 

Para o combate ao fogo, foram utilizados quatro aviões-tanque chilenos. As aeronaves atuarem na região da Serra do Cachimbo, na divisa entre os estados do Pará e Mato Grosso. Os aviões contribuíram despejando 1,2 milhão de litros de água, em 377 ataques a focos de incêndio. 

Queimadas na Amazônia

Segundo o Inpe, em agosto de 2019 foi registrado o maior número de focos de queimadas na Amazônia dos últimos 9 anos. As queimadas no bioma Amazônia aumentaram 196%, chegando a 30.901 focos ativos, contra 10.421 no mesmo mês ano passado, de acordo com dados do Programa Queimadas, gerados com base em imagens de satélite.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend