Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 26 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Mais mortal que covid, vírus Nipah pode provocar a próxima pandemia; saiba como se prevenir

Por O Liberal
Publicado em 13 de outubro de 2021 às 12:11H

Compartilhe:

A doença de Nipah, provocada por um vírus com o mesmo nome, pertencente à família Paramyxoviridae, foi identificada pela primeira vez em 1999, na Malásia, mas já foi verificada em outros países como Singapura, Índia e Bangladesh, e leva ao aparecimento de sintomas semelhantes aos de uma gripe, mas que podem evoluir rapidamente e resultar em complicações neurológicas graves que podem colocar a vida da pessoa em risco. A mortalidade da infecção é de 50%. Para pesquisadores, se o vírus evoluir para uma forma mais transmissível, pode ser responsável por causar a próxima pandemia. As informações, são do Portal Metrópoles.

Até o momento, não existe tratamento específico para a infecção pelo vírus Nipah, podendo ser indicadas medidas de suporte de acordo com a gravidade da doença, como repouso, hidratação, realização de ventilação mecânica ou tratamento sintomático podem ser recomendados.

Atualmente, o  Nipah encontra-se na lista de prioridade da Organização Mundial de Saúde (OMS) para identificação de medicamentos que poderiam ser utilizados no tratamento da doença e desenvolvimento de vacinas para prevenção.

O vírus pode ser transmitido por meio do contato direto com fluidos ou excrementos de morcegos infectados, ou através do contato pessoa-pessoa. O diagnóstico da infecção pelo vírus Nipah deve ser feito pelo infectologista ou clínico geral a partir da avaliação inicial dos sinais e sintomas apresentados. Pode ser indicada a realização de exames especiais para isolar o vírus e sorologia para confirmar a infecção e, assim, iniciar o tratamento mais adequado. O médico também pode indicar a realização de exames de imagem para avaliar a gravidade da doença, sendo recomendada a realização de tomografia computadorizada ou tomografia computadorizada.

Entre as medidas preventivas indicadas, estão:

– Evitar o contato com animais potencialmente infectados, principalmente morcegos e porcos;

-Evitar o consumo de animais possivelmente infectados, principalmente quando não estão devidamente cozidos;

– Evitar o contato com fluidos e excrementos de animais e/ou pessoas infectadas pelo vírus Nipah;

– Higienização das mãos após entrar em contato com animais;

– Uso de máscaras e/ou luvas quando em contato com uma pessoa infectada pelo vírus Nipah.

A lavagem das mãos com água e sabão é fundamental para eliminar agentes infecciosos que possam estar presentes na mão e evitar a transmissão da doença.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend