Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 15 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Pará tem média de uma morte e 13 casos novos de covid-19 por hora

Por ORM
Publicado em 05 de maio de 2020 às 04:36H

Compartilhe:
Isolamento aperta o cerco: explosão de casos pressiona a capital e levanta debates sobre lockdown (Igor Mota / O Liberal)

O salto nos registros do avanço da pandemia do coronavírus entre os paraenses no último fim de semana representou uma média de 13,1 casos novos a cada hora e também uma morte registrada a cada 50 minutos – ou três óbitos confirmados no Pará a cada duas horas e meia. É o que aferiu a redação integrada de O Liberal, com base nos boletins da Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa) divulgados nas nas últimas 96 horas.

Apenas no espaço de tempo de quatro dias – entre o lançamento do mais recente boletim da secretaria de saúde, ao fim da tarde desta segunda-feira (4), e a noite da última quinta-feira (30), véspera do feriado do Dia do Trabalho (1º de maio), quando eram 2.999 os casos confirmados e 224 as mortes por covid-19 atualizadas no balanço da Sespa para o Estado -, o avanço do quadro epidemiológico do coronavírus no Pará teve um acréscimo de 1.263 novos casos e também de 120 novas mortes – 14 dessas confirmadas só no fim da tarde desta segunda-feira. 

Os dados, tomados a partir de quinta-feira (30), e fracionados em dias e horas, têm como base informações divulgadas pela própria Sespa, desde o dia 30, e também o mais recente boletim da covid-19 no Pará, divulgado às 18h desta segunda-feira (4) – quando Estado chegou à marca de 4.262 registros da doença e a um total de 344 óbitos, confirmados até o fim da tarde. As médias gerais são de 1,25 morte confirmada para cada hora e 13,1 casos de covid-19 registrados a cada 60 minutos.   

No último boletim geral da Sespa, divulgado às 13h, os casos suspeito em análise no Pará caíram a 399 (eram 616 até este domingo), enquanto os casos descartados chegaram a 2.382 registros, segundo apontava o balanço parcial da tarde desta segunda-feira (4). 

Retorno à capital no fim de semana: vírus avança

Retorno à capital no domingo: vírus avança (Cristino Martins / O Liberal)

Avanço de mil casos em três dias e meio


Em menos de quatro dias, os últimos registros ligados ao coronavírus no Pará foram suficientes para cobrir toda a evolução da pandemia durante o primeiro mês inteiro de contágio entre os paraenses.

Vale lembra que o primeiro caso da covid-19 no Estado foi confirmado no dia 18 de março – e que o acúmulo dos primeiros mil registros da doença no Pará foi aferido em 21 de abril, apenas 33 dias depois do início da pandemia no território paraense.   

O salto nos registros do avanço da pandemia do coronavírus entre os paraenses no último fim de semana representou uma média de 13,1 casos novos a cada hora e também uma morte registrada a cada 50 minutos – ou três óbitos confirmados no Pará a cada duas horas e meia. É o que aferiu a redação integrada de O Liberal, com base nos boletins da Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa) divulgados nas nas últimas 96 horas.

Apenas no espaço de tempo de quatro dias – entre o lançamento do mais recente boletim da secretaria de saúde, ao fim da tarde desta segunda-feira (4), e a noite da última quinta-feira (30), véspera do feriado do Dia do Trabalho (1º de maio), quando eram 2.999 os casos confirmados e 224 as mortes por covid-19 atualizadas no balanço da Sespa para o Estado -, o avanço do quadro epidemiológico do coronavírus no Pará teve um acréscimo de 1.263 novos casos e também de 120 novas mortes – 14 dessas confirmadas só no fim da tarde desta segunda-feira. 

Sespa Pará@SespaPara

Confirmamos mais 137 casos de covid-19. Agora são 4.262 casos no Pará.

View image on Twitter
View image on Twitter

Os dados, tomados a partir de quinta-feira (30), e fracionados em dias e horas, têm como base informações divulgadas pela própria Sespa, desde o dia 30, e também o mais recente boletim da covid-19 no Pará, divulgado às 18h desta segunda-feira (4) – quando Estado chegou à marca de 4.262 registros da doença e a um total de 344 óbitos, confirmados até o fim da tarde. As médias gerais são de 1,25 morte confirmada para cada hora e 13,1 casos de covid-19 registrados a cada 60 minutos.   

No último boletim geral da Sespa, divulgado às 13h, os casos suspeito em análise no Pará caíram a 399 (eram 616 até este domingo), enquanto os casos descartados chegaram a 2.382 registros, segundo apontava o balanço parcial da tarde desta segunda-feira (4). 

Retorno à capital no fim de semana: vírus avança

Retorno à capital no domingo: vírus avança (Cristino Martins / O Liberal)

Avanço de mil casos em três dias e meio

Em menos de quatro dias, os últimos registros ligados ao coronavírus no Pará foram suficientes para cobrir toda a evolução da pandemia durante o primeiro mês inteiro de contágio entre os paraenses.

Vale lembra que o primeiro caso da covid-19 no Estado foi confirmado no dia 18 de março – e que o acúmulo dos primeiros mil registros da doença no Pará foi aferido em 21 de abril, apenas 33 dias depois do início da pandemia no território paraense.   

A Sespa informa que há 1.026 casos confirmados de Covid-19 no Pará, 429 casos recuperados, 38 óbitos, 282 casos em análise, 1.676 casos descartados. A atualização ocorreu às 13h de 21.04.2020.

View image on Twitter

Dois mil casos em nove dias 


Nove dias depois da covid-19 ter rompido a barreira dos mil casos no Pará, às 19h do último dia de abril (quinta-feira, 30) – de onde a redação integrada de O Liberal toma como base para a sua atual contagem da última aceleração da doença no Pará, a Sespa informava que já havia 2.999 casos confirmados e 224 óbitos relacionados à covid-19 no Pará.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend