Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 21 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Agência do Banco do Brasil de Baião chega aos 11 meses de serviços limitados

Por Paco Martins
Publicado em 11 de agosto de 2015 às 17:27H

Compartilhe:
Foto: Paco Martins/Agência do Banco do Brasil de Baião

Foto: Paco Martins/Agência do Banco do Brasil de Baião

A agência do Banco do Brasil do município de Baião no sudeste do estado, vem funcionando precariamente por muito tempo. Após diversos assaltos que o banco sofreu nos últimos anos, o problema vem só se agravando. Após um assalto no dia 11 de setembro do ano passado (2014), acabou causando grandes prejuízos a agência que nunca mais conseguiu restabelecer seu serviço normal. ela permaneceu fechada por vários meses.

Imagens de arquivo

Imagens de arquivo

A poucos dias de sua reabertura, a agência foi novamente alvo dos bandidos durante a madrugada do dia 12 de fevereiro deste ano (2015). Desta vez, um bandido foi atingido pela polícia. Dias após o ocorrido, o carro que a quadrilha usou para praticar o crime, foi localizado em uma vicinal na região do município de Tailândia. Na carroceria do automóvel um corpo carbonizado que possidentemente se tratava do bandido atingido. O carro foi alugado pela quadrilha no Maranhão.

Imagens de arquivo/Baião Pará

Após os dois últimos acontecimentos, a agência voltou a funcionar, mas muito limitada. Uma das principais atividades bancárias que é sacar dinheiro completou 11 meses sem voltar a funcionar. Todos os caixas eletrônicos instalados no banco servem apenas para verificação de saldo, depósito e transferência bancária.

Para quem vai a agência com a intenção de sacar dinheiro, tem que contar com a solidariedade de outras pessoas que vão depositar o dinheiro e na hora ele fazem uma espécie de troca. Assim vem acontecendo nos últimos meses.

Imagens de arquivo

Imagens de arquivo

Servidores públicos municipais são obrigados a procurar outras agências localizadas nos municípios vizinhos para então realizar os saques. Eles reclamam dos riscos que correm durante as viagens. Assaltos, acidentes e despesas tudo pode acontecer. Mas além fatos, os clientes questionam principalmente as taxas que a agência mesmo sem oferecer todo o atendimento, continua cobrando normalmente de todos os clientes.

Comerciantes dizem que desde que ocorreram os assalto, que as vendas despencaram por conta da falta de circulação de dinheiro na cidade.

Imagem de arquivo

Imagem de arquivo

No próximo dia 11 de setembro se não for tomada nenhum providência, a população pretende fazer uma festa para comemorar UM ANO do funcionamento parcial do banco. A festa está prevista para começar ainda durante a tarde, com bolo, churrasco e até vela de aniversário, tudo para festejar de forma irônica o descontentamento e o sofrimento que a população vem passando por conta descaso com os clientes.

 

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend