Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

‘Agi a tempo de evitar danos ao erário público’, diz Helder Barbalho sobre investigação na compra de respiradores

Por G1
Publicado em 10 de junho de 2020 às 10:37H

Compartilhe:

A Polícia Federal realiza uma operação que apura a existência de fraude na compra de respiradores pulmonares pelo governo do Pará nesta quarta-feira (10). Segundo a PF, a compra dos respiradores custou ao estado do Pará o valor de R$ 50.400.00,00. Desse total, metade do pagamento foi feito à empresa vendedora do equipamento de forma antecipada.

Um dos alvos de busca é o governador Helder Barbalho (MDB). De acordo com a PGR, a investigação mostra que o governador “sabia da divergência dos produtos comprados e da carga de ventiladores pulmonares inadequados para o tratamento da Covid-19 que foi entregue ao estado”.

Em sua rede social, o governador Helder Barbalho negou as acusações.

“Estou tranquilo e à disposição para qualquer esclarecimento que se faça necessário. Agi a tempo de evitar danos ao erário público, já que os recursos foram devolvidos aos cofres do estado. Por minha determinação o pagamento de outros equipamentos para a mesma empresa está bloqueado e o Governo entrou na justiça pleiteando indenização por danos morais coletivos contras os fornecedores. Esclareço que não sou amigo do empresário e, obviamente, não sabia que os respiradores não funcionariam”, destacou.

O governo informou em nota que entrou na Justiça com pedido de indenização por danos morais coletivos contra os vendedores dos equipamentos e que está contribuindo com a investigação da Polícia Federal no cumprimento de seu papel em sua esfera de ação.

Veja a nota na íntegra:

“Em nome do respeito ao princípio federativo e do zelo pelo erário público, o Governo do Estado reafirma seu compromisso de sempre apoiar a Polícia Federal no cumprimento de seu papel em sua esfera de ação.

Informa ainda que o recurso pago na entrada da compra dos respiradores foi ressarcido aos cofres públicos por ação do Governo do Estado. Além disso, o Governo entrou na Justiça com pedido de indenização por danos morais coletivos contra os vendedores dos equipamentos.”

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend