Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Audiência pública debate indenizações após naufrágio que atingiu Barcarena

Por G1
Publicado em 04 de abril de 2019 às 12:31H

Compartilhe:

No desastre, a carga de 5 mil bois vivos pereceu e um rastro de poluição se espalhou nas águas da região, prejudicando a vida de milhares de pessoas.

Uma audiência pública foi realizada na manhã desta quinta-feira (4) em Barcarena, nordeste do estado, para discutir com a população sobre o início da segunda etapa do acordo de reparação dos impactos socioambientais do naufrágio do navio Haidar que afundou no dia 6 de outubro de 2015, no porto de Vila do Conde. 

No desastre, a carga de 5 mil bois vivos pereceu e um rastro de poluição se espalhou nas águas da região, prejudicando a vida de milhares de pessoas. Após uma série de vistorias e levantamento de dados, o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Estado do Pará (MP/PA), a Procuradoria Geral do Estado (PGE/PA) e a Defensoria Pública do Estado do Pará (DPE/PA) entraram com ação na Justiça Federal. 

Além do valor R$ 7,6 milhões a ser pago às vítimas, o acordo prevê a destinação de R$ 3 milhões ao custeio de projetos comunitários de assistência social e educacional, como pagamento pelos danos coletivos. Os pagamentos relativos à primeira etapa do acordo, das indenizações por danos individuais, foram iniciados em novembro de 2018, e seguem em andamento.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend