Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 19 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Em apenas dois anos, Pará reduz crimes violentos em 31%

Por Agência Pará
Publicado em 04 de fevereiro de 2021 às 23:26H

Compartilhe:

Mudar a realidade de um Estado – que constantemente figurava em matérias negativas em relação a violência – sempre foi um grande desafio e, com a integração e os investimentos aplicados pelo Governo Estadual, foi possível realizar a mudança tão esperada pelos paraenses. Em números apresentados em coletiva à imprensa, mais um compromisso firmado pelo Governo do Pará com à população, prezando pela transparência da gestão, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará expôs as reduções alcançadas nos índices de violência ao comparar a soma de ocorrências do governo atual com o total de casos registrados nos anos de 2015 e 2016. A entrevista coletiva ocorreu no prédio da Segup, nesta quinta-feira (4).

Ao atingir a marca de dois anos de gestão, o Governo do Pará se destaca ao reduzir em 31%, os Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) que englobam as modalidades homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte registrados no Estado. A comparação é entre os casos computados dos anos de 2015 e 2016; e 2019 e 2020. No primeiro período, houve o registro de 7.525 ocorrências e nos dois últimos anos 5.191 resultando em 2.334 vidas salvas. 

Segundo o secretário, as estatísticas refletem o resultado do trabalho que vem sendo realizado por todas as forças de segurança pública de forma integrada.

“O Pará esteve por muitas vezes figurando com duas cidades sendo consideradas as mais violentas do Brasil, Ananindeua e Belém. Nós trabalhamos muito, e de forma estratégica, para identificar e realizar ações de combate ao crime. Por isso, hoje, mostramos que o trabalho é exitoso. O desafio permanece o de sempre: buscar a redução da violência e devolver a paz e a tranquilidade para toda a população do Pará”, ressaltou Ualame Machado. 

Os casos de homicídio, no Estado, ao comparar os dois primeiros anos da antiga e atual gestão (2015 e 2016 com 2019 e 2020), reduziram 31%, representando a preservação de 2.177 vidas. Ao somar os registros de 2015 e 2016 o número total de homicídios registrados foi de 7.062 e nos dois últimos anos 4.885.

Furtos e roubos 

Os furtos caíram 11% ao comparar a soma de todo o ano de 2015 e 2016 com o último biênio. Em 2015 e 2016 a soma das ocorrências totalizaram 228.826, no Pará e nos últimos dois anos 204.531, apontando 24.295 casos a menos. Já o roubo, no Estado, reduziu 39%, com 94.996 casos a menos. O número totalizou 246.609 ao somar os casos ocorridos nos anos de 2015 e 2016 e 151.613 nos anos de 2019 e 2020.

Região Metropolitana de Belém

Na RMB, os registros de CVLI caíram 58%. Nos anos de 2015 e 2016, os registros totalizaram 2.774. Já no último biênio, as ocorrências totalizaram 1.170, com 1.604 casos a menos. O número de homicídios diminuiu 58%, na RMB, quando 1.522 vidas foram preservadas. Nos dois primeiros anos da antiga gestão e da atual, foram computadas 2.605 e 1.083 registros a menos, respectivamente. 

Os registros de roubos e furtos também diminuíram consideravelmente, na RMB. O roubo apresentou uma redução de 46%, com 76.448 casos a menos. Ao computar os casos de 2015 e 2016 o número total de ocorrências foi de 165.071. Já ao somar os anos de 2019 e 2020 valor total foi de 88.623.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend