Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Governador do Pará vira réu acusado de corrupção passiva

Por Noticias ao minuto
Publicado em 29 de agosto de 2017 às 10:48H

Compartilhe:

Segundo investigação, Simão Jatene solicitou vantagem indevida à cervejaria Cerpa, em troca da aprovação de decreto para a liberação de dívidas tributárias da empresa.

© Tânia Rêgo/Agência Brasil

Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), por corrupção passiva. Segundo a ação, ele solicitou vantagem indevida à cervejaria Cerpa em troca da aprovação de decreto para a liberação de dívidas tributárias da empresa.

Conforme as investigações, a primeira negociação teria sido feita ainda quando ele era candidato ao governo do Pará, em 2002. Ficou acertado o montante de R$ 5 milhões divididos em quatro parcelas, sendo a primeira delas tendo sido paga em novembro do mesmo ano.

De acordo com a ministra Maria Thereza de Assis Moura, relatora do processo, o ex-governador Almir Gabriel – já falecido -, foi o responsável pela concessão das isenções fiscais à Cerpa. Como recompensa, recebeu dinheiro para o caixa dois da campanha do correligionário.

Após a assinatura de decretos que favoreceriam a empresa, já com Jatene no governo, um novo acordo previu o pagamento de R$ 6 milhões. As informações são da Agência Brasil.

Em caso de condenação, a pena máxima prevista é de oito anos, acrescida da terça parte por se tratar de governador, totalizando 10 anos e oito meses.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend