Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 26 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Governo afirma que obras na PA-150 serão concluídas até abril de 2020

Por G1
Publicado em 16 de outubro de 2019 às 10:23H

Compartilhe:
Obras na PA-150 devem terminar em abril de 2020, diz Governo do Pará — Foto: Reprodução / Agência Pará

As obras de reconstrução e conservação da rodovia PA-150, no sudeste do estado, devem ser concluídas até abril de 2020, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes (Setran). 

A via é uma das rodovias mais extensas da malha estadual, divida em dois trechos – um de 166,65 km entre Moju e Goianésia do Pará; e outro, de 164,04 km, de Goianésia a Morada Nova, distrito de Marabá. 

A rodovia é importante corredor de saída da produção mineral e agropastorial, ligando o nordeste e região metropolitana ao sudeste e sul do estado. 

A Setran informou, em nota, que os serviços começaram na segunda-feira (14), após contratação de iniciativa privada, com operação tapa-buracos, obras de corte de camadas do pavimento asfáltico e retirada de trilha de todas. Os trabalhos se concentram entre Morada Nova e o município de Nova Ipixuna. 

O secretário Pádua Andrade afirmou que os trabalhos serão estendidos por 164 quilômetros, dos 332 km da PA-150. “É uma obra de mais de R$ 75 milhões, investimento que trará benefícios para a região sudeste, além de melhorias nas condições do tráfego pesado, evitando desgaste do pavimento”, disse. 

Ainda segundo a Setran, serão executados serviços de limpeza das pistas e acostamentos, restauração, reconstrução, conservação, manutenção do pavimento e tratamento do sistema de drenagem. Além disso, segundo a secretaria, a rodovia deve receberá nova sinalização, com aplicação de tachas refletivas nos 164 km, entre Goianésia do Pará e o distrito de Morada Nova. 

Privatização de rodovias

Em agosto deste ano, a Setran iniciou um Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para a concessão de 591 quilômetros de rodovias Pará. A PA-150 é a que teria maior trecho concessionado: 332 quilômetros, segundo o Governo. 

De acordo com os estudos da Setran, o governo estima economizar com manutenção entre R$ 15 milhões a R$ 20 milhões, só com a PA-150. As rodovias PA-483, incluindo as quatro pontes da Alça Viária; PA-151, PA-252, PA-475 e a criação da avenida Liberdade, em Belém, que será um corredor paralelo à BR-316, chegando até ao município de Castanhal, no nordeste do Pará. Estão previstos R$ 1,8 bilhões em investimentos que devem ser divididos entre o Estado e a iniciativa privada. 

No total, o governo disse que espera abrir concessão para 600 quilômetros de estradas para a administração de empresas privadas. Os estudos técnicos devem ser finalizados no final deste ano.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend