Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 25 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Hospital de Campanha oferece oficina de artesanato para pacientes internados

Por Agência Pará
Publicado em 07 de julho de 2021 às 23:17H

Compartilhe:

Nesta semana, pacientes internados no Hospital de Campanha do Hangar, em Belém, participaram de uma oficina de artesanato com supervisão de profissionais de saúde da unidade. Em tratamento para Covid-19 na enfermaria do hospital, foram avaliados previamente por uma equipe multiprofissional.

Elizabeth Cabeça, responsável pelo setor de Humanização, auxiliando os pacientes durante a oficina

Durante a ação,  foram compartilhados aprendizados sobre o manuseio de pedrarias, papel, canetas, entre outros objetos para confecção de itens decorativos e enfeites. O projeto da oficina chama-se “AAmor” e foi criado pela unidade para amenizar medos e anseios causados pela doença. “Essas pessoas estão longe dos familiares em um ambiente desconhecido. Suavizar esse aspecto para favorecer o processo de cura é o nosso principal objetivo”, afirma Elizabeth Cabeça, responsável pelo setor de Humanização do Hospital de Campanha.

Além de diminuir os sentimentos negativos enfrentados na luta contra o novo coronavírus, como estresse e ansiedade, a atividade promove inclusão e socialização, atuando como um processo terapêutico, envolvendo trocas de experiências e ensinamentos.

“Neste momento, a gente trabalha a subjetividade desses pacientes para que eles saiam um pouco do contexto de internação e dividam as experiências deles com a equipe e outros pacientes. É um diferencial para o tratamento mais humanizado e ativo”, afirma o psicólogo clínico Rogis Coutinho.

Experiências

Paciente Cosme Damião, contente por participar de oficina

Internado há 11 dias, Cosme Damião, de 27 anos, foi um dos pacientes que fez parte da atividade, realizada no último dia 29 de junho. “Eu nunca imaginei participar de uma oficina de artesanato aqui dentro do hospital. Na verdade, eu nunca participei de algo direcionado a isso lá fora e, aqui dentro, ampliei a minha visão. Isso é engraçado porque o que poderia ser triste passou a ser um momento de descontração. Parecia que eu estava lá fora com os meus amigos”, disse.

O jovem, que gerencia um comércio com a esposa Lucileia Moraes, em Belém, conta que o que mais deseja no momento é contar a experiência para a filha, Luna dos Santos, de um ano e três meses. “Vou contar para a minha filha que participei da oficina. Pretendo ter bem mais tempo para a vida. Eu deixava isso de lado e essa doença veio para provar, na dor, que devo priorizar o que realmente é importante”, conclui.

Merivalda Leão mostrando a flor que criou durante a oficina

Outra paciente que acompanhou a oficina foi Merivalda Leão, 36, vinda de Goianésia, no interior do Pará. Internada há quatro dias e com quadro de ansiedade, ela conta que a atividade cooperou para a melhora no humor. “Eu estava bem triste. Esse medo da incerteza é horrível. Por mais que a gente receba todo o cuidado, o carinho desses profissionais, existe o sentimento do medo porque essa doença é algo que não podemos controlar. Então, participar da atividade me deixou mais alegre”, comenta.

Hospital de Campanha

Criado pelo Governo do Estado do Pará, o Hospital de Campanha do Hangar já atendeu mais de seis mil pacientes. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde, sendo referência no tratamento da Covid-19 e com atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Toda a atuação dentro do Hospital de Campanha é voltada para o bem-estar e segurança do paciente. Essa é mais uma atividade que comprova isso e, com certeza, impactará na experiência de vida quando tiverem alta”, diz a diretora assistencial do hospital, Josieli Ledi.

Para o secretário de saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, as oficinas trazem alento aos pacientes que passam pelo isolamento social durante o tratamento do novo coronavírus. “Os recursos das artes proporcionam ao paciente emoções positivas. Com isso, há melhora do humor, atenção, concentração, memória e, consequentemente, esse processo auxilia no tratamento contra a a doença”, destaca.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend