Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de October de 2019
Sistema Floresta

Maior hospital público do Pará será inaugurado nesta quinta-feira (19). Conheça mais!

Por Dol
Publicado em 19 de setembro de 2019 às 05:46H

Compartilhe:
Tarcísio Carvalho/Ag. Pará

O Governo do Pará entrega, nesta quinta-feira (19), às 10h, o Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, no distrito de Icoaraci, que agora será o maior hospital público do Pará. A unidade de saúde estava em obras desde junho de 2013 e agora abre as portas, com serviços ampliados e de melhor qualidade, melhorando os serviços de média e alta complexidade oferecidos à população da Região Metropolitana de Belém, Tocantins e do Marajó, alcançando 3,5 milhões de habitantes de diversos municípios.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou presença na solenidade de inauguração, ocasião em que fará o anúncio de diversos e importantes investimentos para a Saúde Pública do Pará.

O hospital Abelardo Santos havia sido entregue em dezembro de 2018, no entanto, no dia 3 de janeiro de 2019 o governador Helder Barbalho vistoriou as obras na unidade, constatando que diversos serviços precisavam ser executados para que ela fosse inaugurada de fato. Mesmo após seis anos, ainda faltavam ser instalados geradores de energia; o centro de esterilização de materiais; a farmácia hospitalar e outras áreas de infraestrutura, todas indispensáveis ao funcionamento do Hospital.

ESTRUTURA E SERVIÇOS

Com 28 mil metros quadrados de área construída, o Abelardo Santos oferecerá, nesta primeira fase, 269 leitos, sendo 150 de internação e 119 complementares, dentre os quais, 60 leitos em Unidades de Terapia Intensiva (20 pediátricos, 20 neonatais e 20 adultos) e 30 leitos em Unidade de Cuidados Intermediários (UCI Neonatal).

O secretário de Estado de Saúde, Alberto Beltrame, informou que o funcionamento do hospital começará logo após a inauguração. “No dia seguinte, dia 20, às 8h da manhã, o Hospital abre suas portas para a comunidade de Belém, de Icoaraci, das ilhas, da Região Metropolitana de Belém, enfim para todo o povo do Pará. Começaremos com urgência e emergência em obstetrícia, com baixo, médio e alto risco gestacional. Todas as gestantes poderão ir diretamente ao hospital”, explicou o titular da Sespa.

A partir do dia 20 de setembro, também atenderá urgência e emergência em Pediatria, Clínica Cirúrgica e Clínica Médica, referenciadas por outros serviços de saúde (Prontos-Socorros e UPAs).

Para Beltrame, “a inclusão do Abelardo Santos na rede estadual de saúde que integra o SUS representará um grande avanço na qualificação da Atenção à Saúde de todos os paraenses, acrescentando serviços, cuja falta, hoje, significa sofrimento e muitas vezes esperas injustificáveis por atendimento”. 

SEGUNDA FASE

Outros serviços estarão disponíveis a partir de 1º de outubro, como Raios-X, Tomografia, Mamografia, Ultrassom e exames laboratoriais, consultas eletivas em Pediatria, Clínica Médica e Ginecologia e Obstetrícia para pacientes externos regulados pela Central Estadual.

Em seguida, em janeiro, será iniciado o atendimento em Nefrologia, com 25 máquinas de hemodiálise, com capacidade para atender a 150 pacientes em três turnos, além de suporte hospitalar 24h para intercorrências de pacientes renais crônicos. Ao mesmo tempo, passa a ser oferecido o serviço de Urologia Clínica e Cirúrgica.

AMPLIAÇÃO

Na terceira fase de implantação do Hospital, mais 100 leitos serão ofertados para a inserção das especialidades de Reumatologia, Hematologia, Gastroenterologia, Neurocirurgia e Cirurgia Angiovascular.

Quando estiver funcionando em sua totalidade, o Hospital Regional Abelardo Santos, por meio do seu Ambulatório de Especialidades, trabalhará, principalmente, na prevenção e diagnóstico precoce de doenças como a insuficiência renal crônica, a hipertensão arterial, o diabetes e no controle da obesidade infantil e adulta.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend