Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 16 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Mulheres são encontradas esquartejadas em Breu Branco

Por Reportagem Paco Martins
Publicado em 18 de maio de 2015 às 10:23H

Compartilhe:

Foto: De divulgação. (Partes do corpo de uma das vítimas)

De acordo com a polícia, a mulher identificada como Maria Zélia Ribeiro dos Santos de 46 anos. Ela estava desaparecida a vários dias. No início da tarde deste sábado (09), a polícia conseguiu chegar até o suspeito Rafael da Silva Ribeiro de 26 anos. Ele foi abordado pela polícia quando saia de casa.
Após o desaparecimento da vítima, os familiares resolveram registrar um boletim de ocorrência e iniciar as buscas sem êxito, foram encerradas no final da tarde de hoje (09), quando o corpo em fim apareceu, mas dividido em várias partes.
Segundo relatos de populares a senhora havia sido vista pela ultima vez cerca de 4 dias atrás na companhia de Rafael da Silva Ribeiro, apontado como principal suspeito do crime. Eles estariam num bar no município de Breu Branco no sudeste paraense consumindo bebida alcoólica no centro comercial da cidade.
Durante o depoimento, Rafael chegou a confessar o crime, foi então que a polícia conseguiu localizar na residência do acusado uma colcha de cama suja de sangue, ele alegou que seria um vizinho que possivelmente teria jogado para o quintal da casa dele localizado no bairro Santa Catarina em Breu Branco. O bairro é também conhecido por se tornar palco de crimes violentos no município.

Foto: De divulgação. (Rafael Acusado pelo crime)

Na casa do acusado vestígios de sangue, além de outras marcas deixadas possivelmente durante a execução.
Equipes do Instituto Renato Chaves foram acionadas para fazer perícia no local, enquanto a polícia dava seguimento nas investigações. As provas eram cada vez mais frequentes e as evidências iam confirmando que o corpo estaria no local.
Logo após a chegada dos peritos, que no quintal da residência foi identificado uma escavação recente. Investigadores resolveram então, verificar o que tinha lá. Logo começaram a surgir as partes do corpo já em estado de decomposição. Mas a ausência de alguns órgãos deixaram os investigadores e a própria polícia intrigados. Foi então, que resolveram verificar a parte interior do imóvel e no congelador de uma geladeira estavam partes do corpo já congelados além de uma garrafa pet com sangue.
O suspeito foi levado novamente para a delegacia e permanece detido a disposição da justiça.
Na manhã de domingo (10), a suspeitou que Rafael também tivesse assassinado a própria esposa identificada como Joana Cristina da Silva Soares de 48 anos. Ela também estava desaparecida, mas Rafael dizia que ela teria participado do crime e com medo teria fugido para Belém, capital paraense.
A polícia resolveu então retornar ao imóvel e fazer novas buscas no terreno e conseguiram localizar o corpo de Joana Cristina também esquartejado.
A polícia segue as investigações, já que existem suspeitas de Rafael ter cometido outros crimes anteriormente.

Foto: De divilgação. Segunda vítima (Maria Zélia Ribeiro dos Santos)

De acordo com a vizinhança, o casal brigava muito e ela era agredida fisicamente pelo companheiro, ele também costumava consumir bebida alcoólica quase todos os dias.
Segundos relatos de vizinhos, nos últimos dias Rafael ouvia música evangélica e consumia bebida alcoólica até altas horas da noite. Todos achavam estranho, mas não suspeitavam que ele teria vitimado pelo menos duas pessoas de forma tão cruel.
Quando era questionado sobre a ausência da companheira, ele dizia que ela estava visitando os familiares e que não tinha data para retornar.
As partes dos corpos foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal de Tucuruí, onde de acordo com o perito Renan Aguiar, nunca foi visto na região nada parecido.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend