Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 24 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Piloto da balsa que colidiu com a ponte da Alça Viária é ouvido pela Polícia Civil

Por O Liberal
Publicado em 07 de abril de 2019 às 09:17H

Compartilhe:

A Polícia Civil informou que já ouviu oito depoimentos dentro do inquérito policial instaurado pela Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe) para apurar as circunstâncias da colisão da balsa com a ponte sobre o rio Moju.

O acidente ocorreu pouco depois de 1h da manhã deste sábado (6). Mesmo com o relato de uma testemuha de que dois carros teriam caído no rio, até o momento, não foram identificadas vítimas.

Dentre as pessoas ouvidas, quatro fazem parte da tripulação da balsa, entre auxiliares e o piloto da embarcação. O conteúdo dos depoimentos, prestados em Belém, não foram divulgados. Não há novas oitivas marcadas. As investigações prosseguem no aguardo de laudos para apontar a causa da colisão. 

O inquérito da Polícia Civil tem prazo inicial de até 30 dias para encerramento, podendo ser prorrogado por igual período igual em caso de necessidade de continuidade das investigações.

AÇÃO CONTRA OS RESPONSÁVEIS

Em coletiva de imprensa realizada no início desta tarde, o governador Helder Barbalho anunciou que será ajuizada ação contra os responsáveis pelo acidente, sejam proprietários, tripulantes e donos de mercadoria.

POLICIAMENTO REFORÇADO

Dentre outras medidas, também será reforçado o policiamento na PA-483 (Alça Viária), para desviar o fluxo de veículos que seguiriam pela rodovia e encaminhar esses condutores para fazer a travessia Belém-Arapari-Belém, que também contará com agentes da Polícia Militar.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend