Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 21 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Polícia do Pará indicia duas pessoas por acidente com navio cargueiro

Por Notícias ao minuto
Publicado em 09 de janeiro de 2018 às 11:16H

Compartilhe:

Falta de contato e equívocos de interpretação por parte dos profissionais que conduziam o Mercosul Santos teriam sido determinantes para a colisão e naufrágio.

 

A Polícia Civil indiciou o imediato (função logo abaixo de comandante) Raimundo Cruz e o prático Flávio Lins Barbosa pelo acidente com um empurrador da empresa Bertolini e o navio cargueiro Mercosul Santos. O acidente ocorreu em agosto do ano passado, nas proximidades de Óbidos, no Pará. Os dois são acusados pelo descumprimento de regras que orientam a navegação de embarcações de propulsão mecânica.

De acordo com a Polícia Civil, o indiciamento está baseado em cinco meses de investigação, depoimentos e áudios captados pelo sistema registrador de dados do navio. Os áudios não mostram comunicação entre o empurrador e o navio.

A falta de contato e os equívocos de interpretação por parte dos profissionais que conduziam o navio cargueiro Mercosul Santos teriam sido determinantes para a colisão e naufrágio. Nove pessoas que estavam no empurrador morreram no acidente.

Raimundo Cruz e Flávio Lins vão responder por crimes relacionadas à navegação marítima e fluvial. A pena pode chegar a 12 anos de reclusão. O inquérito agora segue para o Ministério Público Estadual do Pará.

A reportagem procurou as empresas Bertolini e Mercosul, onde os acusados trabalhavam, mas não obteve retorno até a publicação. Com informações da Agência Brasil.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend