Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 23 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Polícia Militar de Breu Branco apreendeu quadrilha acusada de emitir notas falsas na região

Por Paco Martins
Publicado em 14 de outubro de 2015 às 17:39H

Compartilhe:
Foto: Polícia Civil de Breu Branco / Notas Falsas

Foto: Polícia Civil de Breu Branco / Notas Falsas

Após uma longa investigação em toda a região sudeste do estado. A polícia militar do município de Breu Branco finalmente conseguiu apreender uma quadrilha que andava emitindo notas falsas nos municípios localizados em torno do lado da usina de Tucuruí.

Dois maiores identificados como Talis Ribeiro Miranda conhecido como charles, de 20 anos, acusado de ser o líder da quadrilha, Robson de Jesus Santos de 20 anos  e dois menores com as iniciais D.V.A de 15 anos e P.S.A de 14 anos.

De acordo com o delegado de polícia civil de breu branco Romel Souza, a quadrilha vinha atuando na região há mais de um ano e introduzia nos comércios cerca de 500 reais em notas falsas todo final de semana.

Os golpes eram aplicados sempre durante a noite, em bares e festas, em lugares de grande movimentação, isso dificultava identificar que as notas eram falsas.

As compras segundo a polícia, eram de objetos baixo valor aquisitivo, realizadas

Foto: Foto: Polícia Civil de Breu Branco /

Foto: Foto: Polícia Civil de Breu Branco / Talis Ribeiro Miranda

epenas para trocar as notas falsas. Ainda segundo a polícia, a quadrilha frequentava vários estabelecimentos na mesma noite.

Após uma longa investigação da polícia em toda a região do lago de Tucuruí, que foi possível chegar aos meliantes. Com eles foram apreendidos cerca de 500 reais em notas falas que seriam distribuídas em diversos lugares.

Os 4 acusados foram presos em flagrante durante a noite e encaminhados para a delegacia de Breu Branco. Os maiores foram indiciado pelo crime de estelionato (art. 171 do CP), vez que a falsificação das notas, embora grosseira, tinham aptidão para enganar. Além do estelionato, também foram indiciados, os maiores foram indiciados por associação criminosa e por corrupção de menores.

Os dois maiores  apontados como lideres da quadrilha, já foram encaminhados ao Centro Regional de Recuperação de Tucuruí, onde

Foto: Polícia Civil de Breu Branco / Notas Falsas

Foto: Polícia Civil de Breu Branco / Notas Falsas

permanecem a disposição da justiça. Os dois menores foram ouvidos e entregues aos pais, na condição de de apresentá-los ao Ministério Público para a adoção das providências pertinentes.

Até o momento, não foi possível calcular o prejuízo causado na região, já que além de Breu Branco, comerciantes de outros municípios também foram vítimas da quadrilha.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend