Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 17 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Professor de escola particular de Belém é preso suspeito de estuprar estudantes

Por G1
Publicado em 18 de agosto de 2021 às 00:26H

Compartilhe:
Professor de escola particular de Belém é preso suspeito de estupro de vulneráveis. — Foto: Reprodução / Facebook

A Polícia Civil (PC) prendeu, nesta terça (17), o professor de uma escola particular de Belém, Adalberto Siqueira Sanches Júnior, suspeito de crime de estupro de vulnerável. Segundo as investigações, as vítimas tinham entre 8 e 12 anos de idade. O G1 tenta contato com a defesa dele. O professor foi afastado das funções.

Segundo a PC, agentes da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV) e Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) cumpriram mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva na casa do professor.

As diligências ocorreram em um bairro central de Belém, que não foi informado pela PC. Nas buscas, foram apreendidos computador, celular e mídias, que foram encaminhadas para a perícia técnica.

A PC informou que a Delegacia de Atendimento a Criança e ao Adolescente (Deaca Santa Casa) apura o caso e representou pelos pedidos junto à Justiça. Após os procedimentos cabíveis, o acusado foi encaminhado para o sistema penal.

Em nota, o Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré disse que “tomou conhecimento sobre o caso” e que o “código de conduta interno e a Política de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes são muito claros em relação a situações como esta”.

“Repudiamos condutas impróprias e que deixam marcas na vida das vítimas. Somos solidários aos estudantes e famílias envolvidas nesse caso e nos colocamos à disposição para poder apoiá-las nesse momento. Da mesma forma, em relação às investigações das autoridades policiais”, afirma a nota.

Ainda de acordo com a nota, a instituição diz que “atua para coibir e denunciar condutas impróprias em seus espaços e continuará a agir, rigorosamente e com respostas efetivas, a todas as denúncias que vierem a ocorrer”. A escola informou que um comitê interno de proteção ajuda os estudantes que passam por situações de violação de direitos e que os canais de denúncia são [email protected] ou pelo site.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend