Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 26 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Segup deflagra a Operação Verão 2021 e garante mais segurança e tranquilidade

Por Agência Pará
Publicado em 01 de julho de 2021 às 00:12H

Compartilhe:

O verão amazônico já chegou e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) coordena, mais uma vez, a Operação Verão com o intuito de garantir maior tranquilidade aos veranistas paraenses.

Mais de 40 localidades serão atendidas com reforço no policiamento e ações integradas das forças de segurança pública para coibir e inibir a criminalidade, assim como manter as fiscalizações e controle para o enfrentamento à Covid-19 no estado. As atividades ocorrerão ao longo de cinco finais de semana consecutivos, iniciando na próxima quinta-feira, 1º de junho, e finalizando no dia 2 de agosto.

A Operação Verão 2021 conta com um efetivo de mais de 2 mil agentes de segurança, mais de 100 viaturas, 4 embarcações e 6 aeronaves, além de unidades de resgate do Corpo de Bombeiros reunidos para dar maior segurança e efetividade nas ações que serão desenvolvidas nas praias e balneários, atendendo também as normas de segurança e protocolos para conter a Covid-19. A cada semana, a atuação dos órgãos de segurança pública será avaliada. 

Entre as localidades que vão receber o reforço na segurança preventiva e ostensiva estão os distritos de Outeiro e Mosqueiro (em Belém), os municípios de Vigia, Colares, Curuçá, Marapanim, Marudá, Crispim, Salinópolis, Conceição do Araguaia, Bragança, Soure, Salvaterra, Santarém, Tucuruí, Maracanã (Praia de Algodoal) e Barcarena.

“Esse será um veraneio diferente, comparando com o do ano passado, tendo em vista que em 2020 estávamos com nossos olhos e nossa atuação focada na administração da saúde de todos, em razão da pandemia do novo coronavírus. Esse ano, além da saúde estaremos também com foco na segurança pública, visto que já  temos algumas liberações e algumas cidades de praias e balneários estarão com acesso liberado aos banhistas. O trabalho da segurança pública este ano é diferenciado tendo em vista que estaremos voltados para garantir a segurança das pessoas, mas também, fazer o cumprir o decreto do Governo do Estado para fazer cumprir as normas e protocolos sanitários de combate ao novo vírus” destacou o secretário de segurança Pública do Estado, Ualame Machado. 

Salinas – Um dos balneários mais procurado contará com um Centro Integrado de Comando e Controle, montado na praia da Atalaia, próximo ao “atalho da Sofia”. O Centro será equipado com uma sala de monitoramento para fiscalizar e acompanhar a movimentação nas praias e na cidade, por meio das câmeras de vídeo monitoramento instalada nos principais pontos da localidade.

Além das câmeras, haverá também o ordenamento do fluxo de trânsito, organizado por “bandeirolas” que deverão se estender por mais 800 metros na faixa de areia da prai com o objetivo de dar maior fluidez ao trânsito, bem como, evitar acidentes e garantir maior segurança aos banhistas que trafegam pela praia do Atalaia nesse período.

Decreto – De acordo com o decreto estadual vigente até a presente data nº 028/2020, haverá a liberação do acesso às praias, desde que haja o distanciamento físico de segurança na faixa de areia, exceto para grupos da mesma família. Os agentes de segurança fiscalizarão o fechamento dos estabelecimentos comerciais que deverão funcionar até às 01h da manhã. 

Polícia Militar – O reforço na segurança contará com mais de mil policiais militares distribuídos nas regiões mais frequentadas pelos turistas nesse período do ano. Serão desenvolvidas ações de policiamento ostensivo e preventivo, nas modalidades a pé, ciclístico, motorizado, montado, embarcado e aéreo.

Entre as principais localidades onde a PM intensificará o policiamento, durante a Operação Verão, estão as ilhas de Mosqueiro, Outeiro e Cotijuba, e ainda nos municípios de Salinópolis, Marapanim,  Marudá, Maracanã (Algodoal), Vigia de Nazaré, Barcarena, Cametá, Mocajuba, Bragança (Praia de Ajuruteua), Ourém, Peixe-Boi, Barcarena, Curuçá e Colares, Conceição do Araguaia.

“Nossa tropa já está em deslocamento para os principais municípios do estado para reforçar a segurança nessa que é a maior operação que atuamos durante o ano. Estamos com um efetivo grande de agentes, viaturas e todo o aparato da Polícia Militar disponível para atuar nesse período nos interiores do nosso Estado. A Região Metropolitana de Belém também contará com reforço nos pontos estratégicos para dar uma cobertura maior na capital. Estamos pagando uma jornada extraordinária para os agentes que farão parte da operação, pois muitos deles estão sendo retirados de sua folga, justamente para garantir essa segurança e proporcionar um veraneio mais tranquilo e seguro”, disse o comandante geral da Polícia Militar do Pará, coronel Dilson Júnior.

Visibilidade – A Polícia Militar também estará com a Operação Visibilidade, em Belém e demais municípios da Região Metropolitana, por meio do reforço do policiamento em pontos estratégicos da cidade. Nos balneários os policiais darão apoio nas ações realizadas pelo Detran, além do monitoramento de inteligência para coibir o tráfico de drogas e outras ameaças à segurança pública.

Polícia Civil – A Polícia Civil contará com reforço nas Delegacias de Polícia dos interiores mais procurados pelos turistas. Através da Diretoria de Polícia Administrativa (DPA) serão realizadas fiscalizações nos estabelecimentos comerciais, assim como atuarão também nas atividades realizadas por meio da Operação Disque-Silêncio, além de intensificar as atividades no atendimento à mulher.

A cada final de semana, a Operação Verão contará com ações conjuntas desenvolvidas pala Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), Diretoria de Polícia Especializada (DPE), Diretoria de Polícia do Interior (DPI) e Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM), e da Diretoria Estadual de Combate à Corrupção (Decor).

“Estaremos com nossa equipe reforçada nos principais municípios. Alguns locais merecem um olhar diferenciado em razão da demanda maior de pessoas que se deslocam essa época do ano. Aqui na Região Metropolitana teremos alguns locais que também receberão reforço, não apenas nas fiscalizações, como na retaguarda a todo o sistema de segurança que estiver atuando nesta operação, não apenas na questão de aglomeração, poluição sonora, perigosa, mas também verificando as pessoas que estejam dirigindo sobre efeito de álcool. A Polícia Civil estará presente para somar as forças nesta operação”, pontuou o delegado geral da Polícia Civil, Walter Resende.

Corpo de Bombeiros – O Corpo de Bombeiros Militar do Pará atuará com um efetivo de 834 militares, distribuídos por mais de 40 municípios do estado. Durante a operação, equipes de guarda-vidas estarão a postos nas praias e balneários para fiscalizar os banhistas e garantir o entretenimento com maior segurança.

Os militares atuarão também nas rodovias, em especial, dos municípios de Santa Maria do Pará, Santa Luzia do Pará, Nova Timboteua, Curuçá e Salinópolis, e na Ilha de Mosqueiro (em Belém). Serão mobilizadas ainda embarcações, disponíveis 24 h durante a Operação, para serviços de resgate. Os bombeiros também farão a distribuição de pulseiras de identificação para crianças nas principais praias do Estado. 

“Pela primeira vez o Corpo de Bombeiros vai estar oferecendo aos banhistas a tábua de maré, que será distribuída pela coordenadoria de Defesa Civil do Estado, juntamente com nossos guarda-vidas. Qualquer pessoa que chegar nos balneários, pode procurar uma de nossas base para que possa se informar quanto à movimentação da maré, assim como estaremos disponibilizando pulseiras de identificação para as crianças. Toda a nossa equipe já está preparada para trabalhar na operação e garantir maior segurança aos banhistas”, falou o coordenador operacional do Corpo de Bombeiros, coronel Mauro 

Trânsito – O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) estará atuando com efetivo reforçado, visando a prevenção de acidentes e orientando para o comportamento coletivo de segurança no trânsito em pontos estratégicos de grande circulação de veículos.

O Detran também atuará na fiscalização e no controle de trânsito, em parceria com os demais órgãos do sistema de segurança pública, na Operação Lei Seca em Salinópolis, Ilha de Mosqueiro e Marituba. O órgão será responsável, ainda, pela inversão de fluxo em Marituba, para garantir um retorno mais seguro e um fluxo mais correte no retorno à capital. Os agentes estarão presentes também no controle de tráfego para o acesso à Praia da Atalaia.

As operações de fiscalização contarão com 281 agentes de fiscalização de trânsito, distribuídos por mais de 20 municípios, incluindo Belém.

“A operação vai contar com a inversão de fluxo realizada aos domingos, no retorno do veraneio, do quilômetro nove ao quilômetro doze, no horário de quinze a vinte e uma horas, que poderá ser alterado conforme o nível do fluxo. A intenção dessa operação é dar mais agilidade no transito que fica mais intenso próximo a Santa Barbara, na BR-316. Além disso estaremos também com o centro de controle que são radares que estarão bas rodovias PAs e na BR-316. Eles não são só de velocidade, mas principalmente, para detectar veículos com registro de roubo e furto e outras impedimentos que vão nos ajudar a dar maior agilidade e eficiência na nossa atuação”, ressaltou Malu Batista, agente de fiscalização de trânsito do Detran.

CPC Renato Chaves – O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves atuará nos municípios de Bragança, Marapanim, Belém (distrito de Mosqueiro), Salinópolis, Salvaterra e Santarém. Estarão nas localidades equipes de perícias de local de crime contra a vida e o patrimônio, perícias de drogas e perícias veiculares. Em Salinas, o Centro de Perícias estará também com uma unidade móvel para agilizar o atendimento.

“Estaremos com uma unidade móvel que vai nos propiciar dar uma resposta mais rápida pra Polícia Civil, auxiliar quanto aos exames de droga, dosagem alcoólica, exames veiculares e armamento. A unidade móvel vai funcionar de oito até às dezoito horas, na frente da Delegacia da Polícia Civil de Salinópolis, pra dar todo apoio para aos agentes e demais órgãos de segurança. Caso seja preciso, ela também poderá ser deslocada, com a finalidade de dar mais celeridade aos atendimentos”, disse o diretor do Centro de Perícias Científicas, Celso Mascarenhas.

 Ciop – Para reforçar o serviço de atendimento de urgência e emergência, o Centro Integrado de Operações (Ciop) estará com um efetivo mais intensificado para reforçar o atendimento nos chamados da população, tanto para as ocorrências da capital quanto do interior.

O reforço contemplará os serviços de atendimento de chamadas telefônicas para o número 190, despacho de ocorrências por meio do sistema de radiocomunicação com as guarnições em serviço, tudo convergindo para o atendimento das ocorrências geradas, devido à demanda esperada para o veraneio.

Grupamento Aéreo – A operação inclui também agentes do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) nas ações durante o veraneio, mobilizando pilotos, operadores aeronáuticos, mecânicos e apoio de solo. A equipe contará com seis aeronaves.

Grupamento Fluvial – O Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu) atuará com embarcações na Operação Verão, que serão utilizadas estrategicamente para rondas nos portos da Região Metropolitana de Belém a fim de coibir roubos e outros crimes nos rios. Uma embarcação será disponibilizada para a Polícia Militar, no município de Salinópolis, e outra ficará disponível para o pronto-emprego, na sede do Grupamento Fluvial, em casos de acionamento pelo Centro Integrado de Operações (Ciop). O GFlu mobilizará 19 agentes de segurança.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend