Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 16 de September de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Setembro deve ser de menos chuva no Pará, prevê meteorologia da Semas

Por G1
Publicado em 14 de setembro de 2021 às 23:58H

Compartilhe:

As chuvas devem diminuir no Pará este mês. De acordo com o boletim de previsão do tempo para setembro, divulgado nesta terça-feira (14) pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), haverá redução no volume de chuvas no Baixo Amazonas, na faixa central do estado e em algumas áreas do nordeste do estado. Também são esperadas chuvas mais frequentes, porém em menor volume, na Região Metropolitana de Belém (RMB). No entanto, o sudeste e sudoeste do estado devem ficar mais chuvosos. 

O boletim informa que na faixa Sul do Pará são esperados acumulados máximos de chuva em torno de 100mm a 150mm no mês. Praticamente toda a região apresenta volumes superiores a 75mm, com maior probabilidade na ocorrência de chuvas abaixo da média climatológica. 

“O estado do Pará, pelas suas condições continentais, apresenta diversos regimes de chuva. Setembro, para o Sul do Pará, já representa o início do período chuvoso. Nessa região é comum a ocorrência de chuvas com maiores acumulados diários, porque as condições climáticas de setembro são favoráveis para ocorrência desses fenômenos. É comum também que aconteçam chuvas acompanhadas de raios e trovoadas”, comenta Antônio Sousa, meteorologista da Semas. 

A região Norte do estado atravessa o período seco e há irregularidade na distribuição das chuvas, com totais máximos próximos a 150mm e mínimos em torno de 50mm mensal, com áreas isoladas tendo probabilidade de volumes superiores a 150mm no mês. É o caso da RMB, que apesar de as chuvas continuarem quase diariamente, também terá chuvas em volumes menores que os apresentados no mês anterior. 

Segundo o boletim climático, os menores acumulados no mês de setembro ficam na porção Central do estado, que apresenta volumes mínimos de 50mm e máxima de 75mm no mensal. Essa região, assim como o Baixo Amazonas e alguns municípios das regiões do Marajó e Nordeste paraense, devem ficar dentro da categoria de chuvas consideradas normais para o período, com volumes mensais que variam de 25mm a 100mm, já que atravessam o período seco ou menos chuvoso.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend