Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 22 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Operação Lua Nova da Polícia Civil prende 28 pessoas

Por Polícia Civil
Publicado em 19 de agosto de 2020 às 17:06H

Compartilhe:

A Polícia Civil do Pará deflagrou na manhã, desta quarta-feira (19), a operação “Lua Nova” que resultou na prisão de 28 pessoas envolvidas em uma facção criminosa no município de Abaetetuba, região do Baixo Tocantins. As equipes de policiais civis também apreenderam uma arma calibre 38, seis munições calibre 38 e 29 munições calibre ponto 22, também, uma quantia em dinheiro, um tablet, uma balança de precisão, aparelhos de telefones celulares e cadernos de anotações referentes ao tráfico de drogas.

“Foram dois anos de investigação conduzida pelos delegados da Superintendência com apoio do Núcleo de Apoio a Investigação (NAI) e todos os investigadores. Várias diligências foram realizadas a fim de identificar os membros dessa facção criminosa”, declarou a delegada Renata Gurgel, superintendente regional do Baixo Tocantins.

A Polícia Civil, afirmou a delegada, investigou a participação dos integrantes do grupo em crimes cometidos nas cidades em que a operação foi realizada, como por exemplo, em roubos, homicídios e tráfico de drogas.

Os mandados de prisão foram cumpridos nos municípios de Abaetetuba, Moju e Igarapé-Miri, no Baixo Tocantins, e em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, onde o chefe do grupo criminoso foi preso.

“A Polícia Civil atua firmemente no combate às facções criminosas. O inquérito foi bastante fundamentado em provas. Fizemos as prisões de uma forma estratégica. Todos os presos foram conduzidos à sede do Iesp (Instituto de Ensino de Segurança do Pará). Em seguida, conduzidos ao sistema penitenciário”, informou o delegado-geral em exercício, Renan Souza. 

A ação teve apoio de 260 policiais civis em campo, dez escrivães, dois delegados e quatro agentes administrativos, na base, além de 62 viaturas e um helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (GRAESP). 

O diretor de Polícia do Interior, José Humberto de Mello, informou que a Polícia Civil tem realizado um trabalho de investigação no combate ao tráfico de drogas e de roubos, também, em crimes ligados à violência doméstica e familiar, entre outros.

“E estamos trabalhando em todas as regiões e tendo resultados extraordinários, tanto que os índices de criminalidade têm reduzido de forma significativa no estado. Os trabalhos vão continuar com investigação de qualidade e medidas de repressão conforme a necessidade”, destacou o diretor de Polícia do Interior, José Humberto de Mello.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend